PF revela que bandidos levaram mais de R$ 500 mil de Caixa no Partage

A Polícia Federal revelou em entrevista que os bandidos que explodiram o shopping Partage, conseguiram levar mais de meio milhão de reais. A PF divulgou imagens de câmera de segurança que mostra ação do bando que explodiu um caixa eletrônico dentro de um shopping, na quarta-feira (17), em Campina Grande.

O valor furtado foi estimado em mais de R$ 500 mil. O vídeo mostra quando os suspeitos chegaram por volta das 4h15 na entrada principal do shopping e quebram a porta com um carro dando marcha ré. As pessoas que passavam de carro e um vigilante que estava dentro do shopping foram feitos reféns.

 

Conforme atesta as imagens, os bandidos foram direto aos cinco caixas eletrônicos e um dos homens chega a atirar em frente à joalheria para furtar joias. O ataque ocorreu a menos de 50 metros da delegacia da Polícia Federal, em Campina Grande.

 

Dois carros utilizados na ação foram encontrados, um tem placa de Toritama, Pernambuco, e Grajaú, no Maranhão, os veículos foram levados para a Central de Polícia de Campina Grande. A Polícia Federal está fazendo um levantamento de todo o circuito de câmeras nas redondezas do shopping.

 

A ação – Os bandidos fortemente armados invadiram o Partage Shopping que fica no bairro do Catolé, e explodiram um caixa eletrônico e arrombaram uma joalheria, além de terem feito as pessoas que passavam pelo local de reféns.

 

A ação aconteceu na madrugada desta quarta-feira (17). Segundo a Policia Militar, os criminosos bloquearam os dois acessos da avenida Prefeito Severino Cabral, mais conhecida como avenida Brasília, além de uma rua paralela.

 

Dois vigilantes do shopping estavam no local e conseguiram fugir, mas os bandidos abordaram pessoas que passavam no momento da ação recolhendo as chaves dos veículos e fazendo-as reféns.

 

Eles tentaram inicialmente arrombar a porta do shopping, que recentemente passou por uma reforma, dando macha-ré com uma caminhonete, mas não conseguiram e concluíram a ação fazendo uso de um maçarico, bem como atirando contra a porta de vidro do estabelecimento.

 

PB Agora