PF vê irregularidades em obras na Lagoa de JP e apura desvio de R$ 6,4 mi

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (2), uma operação que investiga irregularidades em processos de licitação e na execução de obras na Lagoa do Parque Solon de Lucena, em João Pessoa. O secretário de comunicação da Prefeitura Municipal de João Pessoa, Josival Pereira, afirmou que ainda está se inteirando dos fatos, que a prefeitura não é alvo de nenhuma manifestação, mas que deverá divulgar uma nota oficial em breve. Comente no fim da matéria.

De acordo com o divulgado pela PF, análise do contrato celebrado entre a União, por meio do Ministério das Cidades e Caixa Econômica, e a Prefeitura da Capital constatou desvios de verba superior a R$ 6,4 milhões.

Por ordem da 16ª Vara da Justiça Federal em João Pessoa, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede de empresa contratada para executar a obra investigada e na residência do responsável por sua administração.

O Juízo da 16ª Vara Federal também tornou indisponíveis bens da empresa investigada e proibiu que a Prefeitura Municipal de João Pessoa realize novos pagamentos com o dinheiro repassado pelo governo federal.

*Matéria atualizada às 9h30 para acrescentar o posicionamento da prefeitura.

Portal Correio