Picolé de Manga, que chega à sua 22ª edição mantendo como tradição

Picolé de Manga comemora 22 anos ao som de Gabriel Diniz e grandes nomes paraibanos

picolé de mangaUm dos maiores blocos da Folia de Rua já está contando as horas para cair na avenida. É o Picolé de Manga, que chega à sua 22ª edição mantendo como tradição a mistura de ritmos e a irreverência de seu público. A data esperada é a próxima sexta-feira (6), quando o bloco desfila ao som de grandes nomes da música paraibana. A concentração acontece no Posto 99, na Avenida Epitácio Pessoa, a partir das 19h.

Os responsáveis por carregar a cultura festeira dos paraibanos na avenida são os cantores Gabriel Diniz, Capilé, Ramon Schnayder, Gracinha Telles e Raiany Stefanny. Das consagradas marchinhas carnavalescas aos grandes sucessos da atualidade, eles prometem dar ao público o que nunca falta no Picolé de Manga: animação.

“O Picolé possui esse espírito inconfundível, da mistura de todos os ritmos, da união dos carnavais tradicionais com os estilos mais modernos, e por isso todos os anos faz uma festa inesquecível”, afirmou o presidente do bloco, Lucélio Cartaxo. “Este ano tenho o prazer de convidar a todos para vir brincar mais um carnaval junto conosco, com muita alegria e muita paz”, convocou.

História  – O Bloco Picolé de Manga foi fundado em 1993 e já foi palco de shows memoráveis de grandes nomes da música brasileira. Entre os artistas que já vestiram essa camisa estão Margareth Menezes, Daniela Mercury, Alceu Valença e Elba Ramalho. “Em 2014, o Picolé saiu do palco para ganhar os trios. Ao som de Aviões do Forró, o bloco foi para a avenida pela primeira vez, tornando-se um dos maiores blocos de arrasto do país”, destacou Lucas Pires, um dos organizadores do evento.

Estandarte  – No ano em que completa 22 anos, o Picolé de Manga desfila com um estandarte confeccionado pelo artista plástico Dadá Venceslau. Tendo começado sua carreira como artesão, Dadá expôs em feiras típicas em João Pessoa e no Rio de Janeiro. Nos anos 80, já em terras cariocas, começou a sua experiência com a arte circense, o teatro e as artes plásticas. Outra de suas vertentes artísticas é a música, tendo entre suas composições o hino oficial do bloco Dindin de Manga.

SOBRE AS ATRAÇÕES DO PICOLÉ DE MANGA

Gabriel Diniz:

Sinônimo de casas lotadas por onde se apresenta, o cantor Gabriel Diniz tornou-se conhecido nacionalmente em 2014 por sua voz potente, hits na boca do povo, desenvoltura e principalmente a irreverência – marca registrada do artista paraibano. Para o Picolé com Manga, GD, como é chamado carinhosamente pelo seu público, preparou um espetáculo eclético, recheado de músicas próprias e de canções que estão em alta na temporada. Entre as canções que pontuam a apresentação estão “Minha Cara de Preocupação” e “Amor de Copo”.

Capilé:

Com quase 30 anos de carreira, o cantor campinense Capilé já é dono de uma extensa discografia, na qual mescla canções autorias com grandes sucessos da música brasileira. Como marca registrada, Capilé possui a versatilidade, sempre passeando pelos ritmos e possibilidades que a música permite.

Ramon Schnayder

Depois de dez anos trilhando sua carreira nos vocais da banda Ala Ursa, Ramon começa a colher os frutos do trabalho solo. Com uma apresentação marcada por muita energia positiva, o cantor leva ao público um som contagiante, que tem como principais influências a MPB, rock, samba e axé. Para o Picolé de Manga ele já garantiu o seu maior sucesso, o hit “Vai Rolar Lindo”.

Raiany Stefanny

Raiany Stefanny & Forró Na Vibe conseguiu se destacar no Carnaval com um repertorio descontraído e empolgante. Fervendo ao som do forró estilizado, axé, swingueira e frevo, a jovem cantora alcançou grande destaque no Bloco das Virgens e nas Muriçocas do Miramar, chegando a ser considerada pelos pelos críticos e organizadores do evento como a “revelação na avenida em 2012”.

Gracinha Teles

A cantora e compositora Gracinha Teles já é uma veterana da avenida, especialista em fazer os foliões saírem do chão. A cantora, que já participou de diversos festivais e projetos culturais, é figura de proa de movimentos musicais da cidade, a exemplo do Folia de Rua, além de ser a interprete do hino oficial do Picolé de Manga.

Redação