MEC anunciou um reajuste de 13,01% do piso nacional

Piso salarial de professores terá aumento de 13,01%; acima da inflação

piso salarial 1O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta terça-feira (06/01) um reajuste de 13,01% do piso nacional para os professores do ensino básico. Com isso, os salários passarão de R$ 1.697,39 para R$ 1.917,78. O valor foi antecipado na edição de hoje do Correio Braziliense.

 

Representantes do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) aprovaram o aumento. Eles se reuniram, nos últimos dias, com o novo ministro da Educação, Cid Gomes, para discutir o assunto. Segundo o presidente da CNTE Roberto Leão, o valor anunciado pelo governo obedece aos critérios da Lei nº 11.738, que implantou o piso nacional.

 

Prefeitos e governadores reclamaram com o novo ministro, diante da possibilidade de reajuste acima da inflação. De acordo com o último levantamento da CNTE, feito em maio do ano passado, 17 estados não respeitam o piso nacional ao definir o vencimento de carreira dos professores. Na lista, apenas sete unidades da Federação, entre elas o Distrito Federal, cumprem integralmente a lei, que prevê outras obrigações para os estados, como a reserva de um terço da jornada do professor para atividades extraclasse.

Correio Braziliense