PM desmente denúncia de deputado sobre ar-condicionado para Livânia e Roberto

Em suas redes sociais, o deputado estadual Walber Virgolino (Patriotas) chamou a atenção ao dizer que teria recebido denúncias segundo as quais as celas em que estão presos o empresário Roberto Santiago e a ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, estariam sendo melhoradas, com a instalação de ar-condicionado. A publicação de Walber foi desmentida tanto pelo representante do 1º Batalhão da PM, onde está Roberto, quando pela 6ª Companhia Independente de Polícia Militar, onde Livânia está presa.

NOTA

O comando do 1º Batalhão da Polícia Militar informa que não procede a informação de que foi instalado ar-condicionado na cela do empresário preso nesta unidade, conforme publicou e espalhou o deputado estadual Walber Virgolino.

A única instalação de ar-condicionado feita no 1º Batalhão foi na sala do PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), que fica em um pavimento superior ao da cela do preso citado na postagem do deputado. Alguém viu o carro da empresa de instalação entrando na unidade e passou para o deputado que seria para a cela do referido preso, o que não corresponde com a verdade.

Tanto a denúncia falsa postada pelo deputado quanto a situação verdadeira estão sendo relatadas aos senhores juiz auditor militar e comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba.

Importante destacar ao parlamentar de que o comando desta unidade é inteiramente aberto e transparente para esclarecer – sempre que for necessário – a essas e outras denúncias falsas que o deputado recebe de pessoas mal-intencionadas ou mesmo de informantes desinformados, evitando assim a propagação de assuntos falsos que maculam a imagem do Batalhão e de seus integrantes.

1º Batalhão da Polícia Militar

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação às postagens feitas nesta segunda-feira (25) pelo deputado estadual delegado Walber Virgolino, que usou as suas redes sociais para insinuar que o comando da 6ª Companhia Independente tinha colocado, no último sábado, ar-condicionado portátil em uma cela de presas na unidade, cabe esclarecer que:

1º) As celas foram transformadas em salas de estado-maior a pedido da OAB, há mais de um ano, ficando as janelas lacradas e isso retirou toda a ventilação desses locais. Há 8 meses, quando a unidade recebeu a primeira presa após a mudança, ela solicitou ventilação e foi autorizada pela Companhia a colocação desse aparelho, que passou a servir não só a ela, mas a todas as outras presas que a unidade foi recebendo depois;

2º) Sempre que uma denúncia duvidosa como essa for recebida, o deputado pode ficar a vontade para procurar o comando desta unidade para buscar saber da veracidade, até pelo compromisso público com a verdade que o parlamentar tem que perseguir em seus atos e ações;

3º) Cabe informar que tanto a denúncia postada quanto a real situação, estão sendo devidamente relatadas aos senhores juiz auditor militar e comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba.

6ª Companhia Independente da Polícia Militar

ParlamentoPB