PMDB desiste de chapa 'puro sangue' e lança Major Fábio na vaga de Vice com Vital governador e Maranhão Senador - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

PMDB desiste de chapa ‘puro sangue’ e lança Major Fábio na vaga de Vice com Vital governador e Maranhão Senador

mARANHÃO SENADOR 00009A convenção do PMDB, marcada para as 9h ainda não começou, mas próximo ao meio dia, os parlamentares começaram a chegar e contestaram algumas informações dos assessores do próprio partido que haviam confirmado mais cedo uma chapa puro sangue com Vital na Cabeça, Roberto Paulino na vice e a novidade é a retirada do nome de José Maranhão da disputa pela Câmara Federal para se candidatar a senador.

As faixas que indicavam Maranhão para deputado federal foram substituídas por outras que indicam o ex-governador ao senado. Já a história de ‘coloca faixa, tira faixa’ de Vital se confirmou pelo clima de indecisão do partido, mas agora já estão todas expostas com ‘Vital 15’.

Pouco depois a surpresa de ter o nome de Major Fábio do PROS como candidato a vice foi divulgada pelos próprios peemedebistas, ex-governador Roberto Paulino e o deputado estadual Raniery Paulino.

Apesar da surpresa da substituição de seu nome pelo de Major Fábio, o ex-governador não se abateu e afirmou que quando recebeu convite de Cássio Cunha Lima (PSDB) ele recusou, pois ‘nasceu no PMDB’ e seu primeiro voto é desse partido. “Não é agora que vou tomar posição diferente”, destaca apontando que mesmo não sendo o nome do partido para a vice, continua firme com o PMDB.

Paulino afirmou ainda que ficou triste com a indefinição do partido, antes de começar a convenção questionando se a chapa ‘sai ou não’, mas garantiu que o PMDB não cogitou ir para a chapa do PSB. “Nem pense, e outra coisa, não se surpreenda se Ricardo renunciar e vir apoiar Vital ao governo”, diz.

Para o deputado estadual Raniery Paulino, filho de Roberto, o pai nunca foi um ‘complicador’, mas que estava para ajudar o partido. De acordo com Raniery, mesmo com a substituição do nome na vice, o momento é de ‘muito alívio’ e ressaltou que só iria para a convenção se o partido tivesse candidato.

Militantes do PSB também estavam no local acompanhados do presidente municipal Ronaldo Barbosa, mas foi solicitado que eles não entrassem e aguardassem a decisão do PMDB do lado de fora do Clube Cabo Branco. Outra informação foi que o deputado Benilton Lucena, do PT, passou em frente ao local, mas não entrou, questionado sobre sua presença, o petista destacou que ‘estava por ali’ para ‘ver como fica’ e se fechasse algo, ele já estaria perto para aguardar a decisão se realmente o PMDB iria apoiar o PSB/PT ou não.

Raniery também descartou completamente a aliança com o PSB. “Se temos candidato próprio, não há como ter aliança com PSB. A não ser que eles venham apoiar. A candidatura do PMDB é irreversível. De minha parte não haverá outro entendimento”, sintetiza.