PMJP mantém palco do São João na orla - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

PMJP mantém palco do São João na orla

sao joao pessoaO palco principal que receberá os shows do ‘São João Pra Valer’, promovido pela prefeitura de João Pessoa, começará a ser montado hoje, no Busto de Tamandaré, conforme nota divulgada ontem pela Secretaria de Comunicação Institucional da capital. A iniciativa acontecerá em meio à decisão do Ministério Público da Paraíba (MPPB), que determinou à administração municipal, também ontem, a retirada do evento da orla.

Em audiência realizada no período da manhã, os representantes das 1ª e 2ª Promotorias do Meio Ambiente e Patrimônio Social alegaram que o local escolhido para a festa descumpre a Lei de Gerenciamento Costeiro, que dispõe sobre a faixa de praia como bens públicos de uso comum do povo, além de causar danos ambientais.

O promotor do Meio Ambiente e Patrimônio Social, João Geraldo Barbosa, explicou que a festa junina nas areias das praias de Tambaú e Cabo Branco dificulta a mobilidade urbana, além de causar poluição sonora e perturbação do sossego público. O promotor disse ainda que não foi comunicado oficialmente sobre a decisão da prefeitura. Contudo, adiantou que o MPPB poderá ingressar com uma ação civil pública para impedir a realização da festa na orla da capital.

“Além dos bairros da orla, pelo menos outros três bairros também são atingidos pela poluição sonora e perturbação do sossego. Já existe um TAC recomendando que a prefeitura reveja o local para a realização desse tipo de evento e realize as festas no Centro Histórico”, disse João Geraldo.

A audiência que resultou na decisão do Ministério Público em solicitar a mudança do ‘São João Pra Valer’ do Busto de Tamandaré para outro ponto da cidade contou com a participação de representantes da prefeitura, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Segundo os promotores João Geraldo e José Farias, o Centro Histórico é o local mais adequado para o evento levando-se em consideração os impactos ambientais e a mobilidade urbana.

Em nota, a prefeitura informou que “a tendência de manutenção do local ganhou força em reunião realizada ontem após encontro entre representantes dos dois órgãos (MPPB e prefeitura). O ponto que pesou para isso, segundo uma fonte da prefeitura, foi o laudo do Corpo de Bombeiros, que restringiu a 10,8 mil pessoas a capacidade de público do Ponto de Cem Réis, local para onde a festa estava programada inicialmente”, diz a nota.

Ainda segundo o comunicado oficial da prefeitura, a retirada da festa junina da orla da cidade resultaria em prejuízos financeiros para a administração municipal. “Todo o planejamento para garantir a mobilidade e a segurança do público foi providenciado tendo o Busto de Tamandaré como local da festa. Além disso, como a programação estava fechada, os cachês acertados, a mudança de local poderia causar um prejuízo gigantesco para os cofres públicos, já que os contratos preveem multa em caso de cancelamento”.

Conforme o documento institucional, a programação do ‘São João Pra Valer’ está mantida e os shows estão programados para acontecer a partir do próximo sábado até o dia 29 deste mês. Entre as atrações estão Elba Ramalho, Flávio José, Luan e Forró Estilizado e Pinto do Acordeon.

Jornal da Paraíba