Polêmico, título a Jair Bolsonaro volta à pauta da CMJP nesta 4ª

Apesar das pesquisas de avaliação de governo apontarem uma linha decrescente no tocante a popularidade do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), a Câmara Municipal de João Pessoa traz nesta quarta-feira, 20, de volta a discussão de um título de cidadania pessoense para o chefe do executivo nacional. A propositura é do vereador Carlão da Consolação (PSDC) e já rendeu a repulsa da vereadora oposicionista Sandra Marrocos, do PSB.

 

Pelas suas redes sociais, a parlamentar socialista, fez um convite aos setores que fazem oposição a Bolsonaro no Estado para se fazerem presentes na sessão de hoje na  CMJP. Quero convidar os lutadores e lutadoras do povo e não aceitaremos. Bolsonaro não merece ser cidadão pessoense e nenhuma atitude dele depois de presidente fez com que ele merecesse essa concessão. Vamos dizer não a esse absurdo”, afirmou Sandra. A sessão ordinária da Câmara de João Pessoa começa às 9h30.

 

Na Justificativa da justificativa do Projeto de Decreto Legislativo 101/2018, Carlão diz que Jair Bolsonaro é conhecido por suas posições em defesa dos principios e valores da família e que se destaca na luta contra a erotização infantil nas escolas e por um maior rigor disciplinar nesses estabelecimentos, pela segurança jurídica na atuação policial e pelos valores cristãos.

 

“Em resumo, pautamos nossa propositura sobretudo na incansável luta do deputado federal Jair Bolsonaro pela missão de preservar e garantir os princípios e valores da familía e cristãos, busca por uma nova política, sem corrupção, sem liberação das drogas, defender e lutar por um País com segurança pública de mais qualidade, ideias e objetivos esses que nos inspiram e são espelho para nossa Cidade”, afirma o parlamentar.