Polícia acaba com festa e prende um dos principais líderes do tráfico na Paraíba

Foto: Secom/PB

A Polícia Militar acabou com uma festa que supostamente estaria sendo ‘regada’ a drogas, na praia de Jacumã, no Litoral Sul da Paraíba, para comemorar o aniversário de um dos líderes do tráfico de drogas da comunidade do Aratu, que fica no bairro de Mangabeira VIII, na capital.

O aniversariante, Thayron Anderson da Silva Ferreira, que responde a três processos por homicídios e por roubo, estava completando 25 anos de idade nesse sábado (9). Contra ele, tinha um mandado de prisão por roubo majorado. O acusado foi flagrado no local com um revólver e cocaína.

A ação foi resultado de mais um trabalho da Coordenadoria de Inteligência (COInt) da PM, que indicou ao Batalhão de Operações Especiais (Bope) o local exato do evento, que, além do aniversário do acusado, estaria fazendo alusão a um grupo criminoso que atua na Paraíba.

O Bope usou as companhias de Choque e do Canil, que, com apoio da Força Tática do 5º Batalhão e a da 1ª Companhia Independente, cercaram a residência onde estava sendo realizado o evento e acabaram com a festa, que tinha começado na noite da sexta-feira (8) e ia até este domingo (10), sem ter hora para terminar.

Nas diligências feitas após a prisão do suspeito de chefiar o tráfico, a PM foi até a comunidade onde ele atuava, no Aratu, em Mangabeira VIII, na Capital, onde prendeu um suspeito de 23 anos, que estava armado com um revólver calibre 38 e faz parte do mesmo grupo criminoso de Thayron Anderson. Ele estava se preparando para ir até o Litoral Sul participar da festa.

O preso em Jacumã foi apresentado na delegacia de Alhandra. O comparsa dele, que foi preso em João Pessoa, foi levado para a Central de Flagrantes, no bairro do Geisel.

SecomPB