João Pessoa 09/12/2018

Início » Destaque » Polícia Federal deflagra operação na Paraíba, Alagoas e Bahia para investigar obras inacabadas

Polícia Federal deflagra operação na Paraíba, Alagoas e Bahia para investigar obras inacabadas

A Polícia Federal busca provas relacionadas a duas construtoras que teriam deixado obras inacabadas de construção de quadras e reforma de escolas em cidades de Alagoas e da Bahia.

Ao todo, devem ser cumpridos 22 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Alagoas no âmbito da Operação Playground (Foto: Reprodução/Polícia Federal-AL)

Uma operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (05) na Paraíba e nos estados de Alagoas e Bahia para desarticular uma organização criminosa com atuação nos três estados. Ao todo, devem ser cumpridos 22 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça de Alagoas no âmbito da Operação Playground.

A Polícia Federal busca provas relacionadas a duas construtoras que teriam deixado obras inacabadas de construção de quadras e reforma de escolas em cidades de Alagoas e da Bahia. Acredita-se que o prejuízo aos cofres públicos seja de R$ 1,6 milhão. Mas esse valor pode ser maior, já que teriam sido descobertos contratos celebrados pelas empresas com entes públicos que ultrapassam R$ 13 milhões.

Segundo as investigações, o grupo criminoso atua nos municípios da Barra de São Miguel (AL), Pariconha (AL), Dois Riachos (AL), Paulo Afonso (BA), Glória (BA), Chorrochó (BA) e Brejo do Cruz (PB).

A Polícia Federal acredita que o grupo tenha cometido crimes licitatórios, de peculato, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, de responsabilidade, e de associação criminosa. Penas máximas somadas ultrapassam 40 anos de prisão.

ClickPB