Polícia prende mulher que teria planejado a morte do marido com ajuda do filho de 15 anos por seguro de vida

Polícia prende mulher que teria planejado a morte do marido com ajuda do filho de 15 anos por seguro de vida

A Delegacia de Homicídios da Capital prendeu em flagrante nesta quarta-feira, Rejane Ferreira do Nascimento, de 33 anos, Alexandre da Conceição Henrique, de 53, e Cláudio Moacir Henrique, de 48, numa ação coordenada pela delegada Fernanda Noethen. A investigação acredita que Rejane arquitetou, ao lado dos dois vizinhos, e do filho, menor de idade, de 15 anos, também apreendido, a morte do próprio marido, Everaldo da Silva, de 52 anos, executado a tiros, na última quinta-feira, no Recreio dos Bandeirantes. De acordo com a especializada, ela era beneficiária de um seguro de vida dele no valor de R$ 60 mil, e visava receber a quantia.

Segundo a Polícia Civil, a trama foi pensada por Rejane, Alexandre e Cláudio. O filho de 15 anos, enteado de Everaldo, teria sido o responsável por prestar auxílio material ao grupo, e teria conseguido a arma usada no crime. Ele também seria o encarregado de ocultar os registros telemáticos — em aplicativos como Whatsapp, por exemplo — feitos entre a mãe e os comparsas.

Os investigadores afirmam que a polícia segue apurando o crime, em busca da identificação e captura dos autores dos disparos que mataram Everaldo.

Extra