Polícia prende suspeitos de homicídio em João Pessoa

presos acusados de morteEm menos de 24 horas, a Polícia Militar prendeu, na comunidade do Baleado, na capital, dois suspeitos de matar a tiros, na noite da última quinta-feira (11), Givanildo dos Santos Tavares, de 34 anos. O crime ocorreu na comunidade Jardim Bom Samaritano, no bairro do Cristo Redentor, e os acusados foram presos com um revólver e 48 pedras de crack, na noite desta sexta-feira (12), durante a Operação Saturação.

Eles foram identificados como José Matheus dos Santos, de 19 anos, e Reinard Enedino de Souza, de 22 anos. Os dois estavam na localidade conhecida como “Beco dos Amarelos” quando foram abordados pelos policiais da Ronda Ostensiva Tática com Apoio de Motocicletas do 1º Batalhão.

José Matheus é apontado por testemunhas como autor do crime. A participação de Reinard Enedino está sendo investigada. Givanildo dos Santos, que teria envolvimento com drogas segundo informações colhidas no local do homicídio, foi assassinado com seis tiros e, logo após o crime, os policiais militares iniciaram a ocupação de todas as comunidades que fazem divisa entre os bairros do Cristo e Cruz das Armas em busca dos suspeitos, saturando com rondas e abordagens essas localidades, o que resultou na prisão dos suspeitos.

Eles foram levados para o Distrito Integrado de Segurança Pública, em Manaíra.

Litoral Sul – A Polícia Militar apreendeu, também em menos de 24 horas, o autor do assassinato de Maria Das Graças dos Santos, de 19 anos, ocorrido na noite da última quinta-feira (11), na comunidade Nova Descoberta, no município de Alhandra. Ela estava grávida de 3 meses. Na madrugada dessa sexta-feira, os policiais da 1ª Companhia Independente apreenderam em flagrante o cunhado dela, um adolescente de 17 anos, principal suspeito do homicídio. Ele foi levado para a Delegacia da Polícia Civil, no mesmo município.

Secom