Polícia quer usar arsenal apreendido com bandidos para combater criminosos

Polícia quer usar arsenal apreendido com bandidos para combater criminosos

Durante a coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (07) para apresentar os resultados das investigações que terminaram com a prisão dos assaltantes a carro-forte ontem pela PM, em Lucena, policiais revelaram que a sua intenção é utilizar o arsenal apreendidos com os bandidos para combater esse tipo de crime na Paraíba.

“É também uma forma de recompensa aos policiais. Contamos com o apoio da imprensa e do judiciário para que isso possa acontecer. Essas armas, munições e carregadores seriam encaminhadas para polícias especializadas nesse tipo de crime e assim possam combater de frente esses criminosos”, declarou um dos representantes.

Com os homens presos na última segunda-feira, foram encontrados vários fuzis de uso restrito, incluindo um rifle .50, que tem poder de fogo para atingir sua vítima há mais de 4 km de distância. Além disso, os policiais localizaram mais de 1800 munições, sendo 1400 de calibre 762 e carregadores com capacidade para mais de 200 projéteis.

O Ministério da Defesa regulamentou a doação de armas apreendidas para órgãos de segurança pública, conforme previsão do Decreto 8.938, editado no fim de 2017.

Yves Feitosa