João Pessoa 19/09/2018 00:59Hs

Início » Política » Maranhão diminui o PSB ignorando ameças sobre cargos

Maranhão diminui o PSB ignorando ameças sobre cargos

dois 2A pretexto dos cargos que ocupa no governo estadual, o senador José Maranhão disse na noite passada, em entrevista a TV Master, que não tem nada a ver com a cobrança de reciprocidade feita do PSB. “Quem  deve reciprocidade não somos nós, mas eles (socialistas)”, disse se portando a recente entrevista de Edvaldo Rosas, presidente estadual do Partido Socialista Brasileiro.

Também, que as funções não deixam o PMDB refém do partido do governador Ricardo Coutinho, tendo sintetizado: “Não ficaremos de ‘joelhos’ em decorrência de supostas ameaças, até porque não fizemos nenhuma troca com sua excelência, o governador”. Para não deixar duvidas a falta de preocupação acerca do tema, Maranhão comentou:

– Os cargos estão à disposição de Ricardo. Se ele vier a exonerar ocupantes do PMDB, pelo menos de nossa parte não haverá queixas.

Deixou claro, ainda, que por causa desse incomodo do PSB os peemedebistas não desistirão da pré-candidatura do deputado federal Manoel Júnior. A propósito, conforme Maranhão, “é o único nome lançado oficialmente. Nenhum outro partido fez isso… Se sabe que o prefeito (Luciano Cartaxo) é candidato, mas o partido dele não deliberou ainda”.

Ou seja, Maranhão parece não levar em conta o pré-candidato e  secretário estadual João Azevedo, oficializado pelo PSB desde o ano passado. O peemedebista deixa nas entrelinhas que esgotou o limite de conversas com o partido do governador Ricardo Coutinho.

Marcone Ferreira