Portugal vira sobre o México e fica com o 3º lugar

Adrien, à direita, fez o gol da vitória de Portugal

Adrien, à direita, fez o gol da vitória de Portugal (Foto: Sergei Karpukhin/Reuters)

Foi difícil, sofrido, na bacia das almas. A seleção de Portugal perdia o jogo até os 46 minutos do segundo tempo, quando Pepe deixou tudo igual e levou a decisão para a prorrogação. No tempo extra, Adrien, em cobrança de pênalti, anotou o segundo dos portugueses, garantiu a vitória por 2 a 1 e a terceira colocação na Copa das Confederações.

Sandro Meira Ricci foi o árbitro de vídeo da decisão e precisou ser acionado na marcação do primeiro pênalti, perdido por André Silva

A seleção de Portugal começou melhor no início de jogo, mas não finalizou no alvo ainda.

O México chegou com perigo, mas Rui Patrício fez grande defesa e evitou o primeiro gol do jogo.

Foto: Sergei Karpukhin/Reuters
Foto: Sergei Karpukhin/Reuters

Raúl Jiménez recebeu na entrada da área e finalizou. A bola saiu desviada em linha de fundo. Na sequência, a bola sobrou na segunda trave para Lozano, que desviou para o gol, mas Rui Patrício fez excelente defesa.

Foto: Sergei Karpukhin/Reuters
Adrien, à direita, fez o gol da vitória de Portugal. André Silva, à esquerda, perdeu um pênalti
Band