Prefeito da PB justifica favorecimento a sogra e cunhado que ganharam licitação de quase meio mi - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Prefeito da PB justifica favorecimento a sogra e cunhado que ganharam licitação de quase meio mi

20130611102743 (1)Após ter sido denunciado por suposto tráfico influência para beneficiar parentes no município de Nazarezinho, no Alto Sertão paraibano, o prefeito Salvan Mendes, do PSB, quebrou o silêncio e admitiu em entrevista exclusiva ao portal PB Agora, nesta terça-feira (11), a veracidade da denúncia, no entanto, justificou o ato como sendo inevitável e acima de tudo necessário.

Segundo o prefeito, o Posto de Combustível vencedor da licitação pertencente a sua sogra e ao seu cunhado é o único existente na cidade e também foi o único a se inscrever para o certame.

“Na verdade, no inicio desse ano a prefeitura abriu a licitação para a compra de combustível no pregão 001/2013 e não compareceu nenhum posto de gasolina da região nem tampouco o único posto que pertence a minha sogra e ao meu cunhado e lançamos novo edital para quem quisesse participar e dessa vez só um posto de Nazarezinho, que pertence aos meus parentes, e é o único da cidade, venceu a licitação, tudo dentro da legalidade”, explicou.

Ainda conforme o ‘socialista’, a vitória de familiares no certame foi comunicada ao Tribunal de Contas do Estado já que, segundo ele, existem exceções que permitem a contratação de empresas de familiares quando há impossibilidade do contrário.

“Estamos com vários acórdãos do Tribunal Contas em que existem casos que parentes do prefeito podem competir nos pregões, por isso estamos tranquilos que fizemos tudo dentro da legalidade, até porque a cidade é pequena e o município mais próximo, que é o de Sousa, fica a 27 km de distância e ninguém de lá se inscreveu para participar da licitação”, justificou.

Caso fosse o município de Sousa o vencedor e não o de Nazarezinho, os recursos também seriam onerados, visto que todos os veículos da gestão, entre ônibus, transporte escolar, entre outros, teriam que se deslocar 27 km para poder abastecer.

“O único município que se inscreveu foi o de Nazarezinho e ele foi o vencedor, tudo dentro da normalidade”, ratificou.

Para o gestor, insinuar que o episódio se trata de nepotismo político é mera picuinha política de adversários que ficam se atendo a pequenas coisas ‘que nada engrandecem e nem contribuem para o desenvolvimento da cidade’.

Ontem a reportagem do PB Agora trouxe a denúncia em matéria intitulada: A Grande Família – Sogra e cunhado de prefeito do sertão ganham licitações de R$ 300 mil para posto de gasolina; vereador aliado diz que “tudo é legal”

O certame de número 14 ocorreu na modalidade pregão presencial e foi arrematado pelo valor de R$ 299 mil para fornecimento de combustíveis durante esse ano.

O posto São Francisco já venceu outras licitações, todas na Prefeitura de Nazarezinho. Conforme dados do Tribunal de Contas, a empresa participou de tomadas de preço e pregões presenciais nos anos de 2005, 2006, 2007, 2008, ou seja, nos quatro anos do governo Gilson Luiz Mendes, sucessor de Salvan Mendes Pedrosa e agora em 2013 na gestão do próprio Salvan.

Márcia Dias