Prefeito de Cabedelo entrega alvará para construção de Shopping em Intermares

Prefeito de Cabedelo entrega alvará para construção de Shopping em Intermares

Vítor Hugo autoriza construção de shopping em Cabedelo (Foto: Reprodução)

O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, autoriza nesta terça-feira (13) a construção do Shopping do Grupo Marquise, em Intermares. O prefeito informou ao Portal ClickPB que fará a entrega do alvará às 9h.

A previsão com a chegada do empreendimento a Cabedelo é a geração de 4,5 mil empregos diretos e indiretos

Há uma projeção de que as obras do shopping durem dois anos, com uma estimativa de quase R$ 250 milhões de investimentos. Somente na construção do shopping, devem ser gerados 600 empregos.

Desde que foi anunciado, em setembro de 2012, o Shopping Pátio Intermares foi envolvido em uma série de polêmicas na cidade de Cabedelo. Ainda quando vereador, Leto Viana apresentou duas proposituras que mudavam o Código de Zoneamento da cidade e impediam a construção do shopping. Após pressão popular, o então prefeito José Régis enviou um novo projeto e os vereadores, inclusive Leto mudaram de posição.

Porém, no final de 2013, quando Leto Viana já era prefeito, uma nova lei foi aprovada na Câmara de Cabedelo impedindo novamente a construção de shoppings no bairro de Intermares. A população voltou a protestar e os vereadores desistiram da norma em 2014. Em abril, a Câmara aprovou uma nova lei, suspendendo os efeitos da anterior.

A obra ainda teve as licenças questionadas pela Associação de Proteção Ambiental (APAM), que alegou que o procedimento de licenciamento não tinha respeitado as fases estabelecidas na legislação, configurando-se, dessa forma, irregular. A denúncia consista na alegação de que a Sudema havia concedido licença de instalação permitindo que a Construtora Marquise começasse a desmatar e construir o Shopping sem a realização prévia do EIA/RIMA. Depois disso, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) concedeu liminar suspendendo a licença de instalação.

Em abril de 2018, foi deflagrada a Operação Xeque-Mate, que desarticulou um esquema de corrupção em Cabedelo, prendendo as principais lideranças políticas de Cabedelo, como o prefeito Leto Viana e grande parte dos vereadores da cidade.

ClickPB