Prefeito do PT anuncia apoio a Vené, mas dirigentes ratificam candidatura própria - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Prefeito do PT anuncia apoio a Vené, mas dirigentes ratificam candidatura própria

prefeito de ibiaraEnquanto a maioria dos prefeitos ainda está indeciso quanto à sucessão estadual, o prefeito de Ibiara, Pedro Feitoza, do PT, decidiu dar apoio à candidatura a governador ao ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rego (PMDB). Mesmo o PT já tendo lançado a pré-candidatura da ex-vereadora Nadja Palitot ao governo, o prefeito petista assumiu publicamente sua decisão política, sem medo de sofrer qualquer retaliação.

Ele argumenta que o PT e o PMDB são aliados históricos e este ano, vão estar juntos em nível nacional, trabalhando pela reeleição da presidente Dilma Rousseff. O prefeito enfatizou ainda que o próprio presidente estadual do PT Charlington Machado, já adiantou que os dois partidos estarão juntos este ano, no segundo turno, em uma eventual disputa de Veneziano com o atual governador Ricardo Coutinho ou com o senador Cássio Cunha Lima.

Pedro Feitoza e seus vereadores conversaram longamente com Veneziano em Itaporanga, quando o ex-prefeito campinense visitou a cidade. Já existia uma tendência de Pedro apoiar o peemedebista e a conversa selou o entendimento.

Com relação a deputado estadual, o prefeito ainda não definiu em quem vai votar. “Ainda não temos candidato para deputado estadual”, comentou. Em 2010, ele apoiou Branco Mendes, mas na eleição deste ano deve votar em outro candidato à Assembleia Legisltiva. Já para a Câmara Federal, Pedro está decidido a apoiar Hugo Motta, do PMDB, que conseguiu algumas boas emendas parlamentares para o município e tem dado a atenção necessária a Ibiara.

Ontem o presidente nacional do PT, Rui Falcão, ratificou a candidatura da ex-vereadora Nadja Palitot ao governo. O petista iniciou um roteiro de viagens pelos estados para discutir a conjuntura política nacional, estadual e as eleições de 2014.

Recentemente o presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores, Charlington Machado afirmou, que o partido não abrirá mão da candidatura própria ao Governo do Estado. “Não sou eu quem está dizendo, é o partido em geral”, afirmou Charlington.

Ele disse que a intenção do PT é manter o protagonismo político este ano, sem deixar de reconhecer a importância e a força dos aliados históricos, a exemplo do PMDB. Neste aspecto, Charlington afirmou que, num eventual segundo turno, PT e PMDB – que já tem a candidatura consolidada de Veneziano Vital do Rêgo – estarão juntos.

“Está claro, para nós, que Veneziano é candidato e não vejo nenhum problema de, no segundo turno, as oposições se unirem em um mesmo palanque”, afirmou o presidente estadual do PT, confirmando que as duas legendas marcharão juntas contra o candidato governista Ricardo Coutinho.

Severino Lopes

PBAgora