servidores

Prefeito Netinho assina TAC no Ministério Público para sanar débito de servidores com seis meses de atraso em Santa Rita.

servidores - netinho e MPEm mais uma reunião realizada no Ministério Público da Comarca de Santa Rita nesta terça (26), com a prefeitura de Santa Rita e o sindicato dos servidores públicos do município – SINFESA, tendo como objetivo principal de celebrar mais termo de ajustamento de conduta para colocar em dia os salários de várias categorias que constam em atraso entre elas; o salário dos professores de dezembro de 2015, o mês de Junho e demais setores da prefeitura de Santa Rita inclusive aposentados e pensionistas do IPREV.

A reunião foi intermediada pelos promotores Anita Bethânia Rocha e Francisco Seráfico com o prefeito de Santa Rita Severino A. B. Filho – Netinho e a direção do SINFESA comprometendo-se a efetuar início o pagamento dos salários dos servidores referente a 50% dos professores do mês de dezembro de 2015 e 50% do Magistério referente á Junho de 2016 além de 50% de demais categorias referente ao mês de Junho de 2016 para o dia 27 de Julho (Amanhã).

Dando seguimento ainda ao termo de ajustamento de conduta – Tac o prefeito Netinho se comprometeu ainda realizar o pagamento do complemento de 50 % da folha do mês de Junho de 2016, que será efetuado no dia 30/07 ao magistério e demais servidores da prefeitura de Santa Rita.

A reunião entre o Ministério Público, o prefeito Netinho, procurador da prefeitura e o secretário de educação, procurador do sindicato e diretores durou cerca de três horas aonde na oportunidade foram apresentados documentos de balancetes dos meses de queda de receita comprovando o atraso dos pagamentos dos servidores e apresentada uma propostas para por fim o impasse e o servidor retornar a sala de aula pelos quais a proposta foi aprovada pelos servidores em consenso para receber seus salários atrasados.

Os servidores da prefeitura de Santa Rita avaliaram a proposta na sede do Ministério Público e ressaltaram que o procurador do sindicato Dr Evilson Brás teria solicitado a bloqueio das contas bancárias da prefeitura de Santa Rita e por unanimidade os servidores representando a categoria decidiram pela aprovação da proposta da prefeitura e dar mais um crédito e esperar que seja honrada o termo assumido no MP, disse o presidente do sindicato Carlos de Assis.

Desde já a direção do sindicato dos servidores esclarece que o salário de Julho deverá ser efetuado até o 5º dia útil do mês subseqüente, sendo assim, o descumprimento do pagamento acarretará na convocação da categoria para uma assembleia geral que decidirá pela paralisação.IMG_20160726_161554538

Lamartine do Vale