Prefeito Netinho evita fechamento de PSF’s; assume compromisso na curadoria de reabrir uma unidade por semana em Santa Rita

Prefeito Netinho evita fechamento de PSF’s; assume compromisso na curadoria de reabrir uma unidade por semana em Santa Rita

NETINHO NETINHO 1Com o caos implantado na saúde de Santa Rita, após reassumir o mandato pela segunda vez  nesta última quinta-feira (29), o atual prefeito Netinho de Várzea Nova revelou em entrevista no sistema Arapuan de comunicação nesta segunda (4) que o Conselho Regional de Medicina-CRM não era recebido a mais de três meses pelo  ex-prefeito Reginaldo Pereira em Santa Rita-PB,  e equipe revelou João Medeiros (CRM) no Ministério Público em uma reunião hoje para resolver a situação calamitosa no município entre ambas as partes, o “prefeito Netinho disse que vai fazer um esforço concentrado para reabrir a cada oito (8) dias uma unidade de saúde e regularizar o repasse das instituições em dia com fez em nove meses que administrou o município”, afirmou.

Na reunião na curadoria da saúde no Ministério Público em Santa Rita-PB, com  os conselhos Regional de Medicina, de Farmácia, de Enfermagem, Assistência Social, Odontologia e Agevisa para encontrar uma saída para reabrir as unidades de saúde no município, “o prefeito Netinho de Várzea se comprometeu em uma força-tarefa com sua equipe para reabrir uma unidades de saúde por semana, começamos desde sábado na realização das reformas para que não venha mais prejudicar a população”, disse o prefeito Netinho.

O prefeito Netinho ressaltou ainda que em visita ao Sagres Online do Tribunal de Conta da Paraíba, o cidadão encontra uma prestação de contas de medicamentos e se quer existia remédio na farmácia popular básica do município e que não existia farmacêutico, medicamento para diabéticos, usuários de acometidos de AVC e portadores de patologia mental e com o fechamento de 20 unidades de saúde, o pronto socorro de fraturas, o centro de especialidades odontológica e infantil superlotavam a Unidade de Pronto Atendimento –UPP, além do hospital Flavio Ribeiro Coutinho chegando a capital e a população sofrendo e morrendo, precisamos do apoio da população para restabelecer o atendimento e os postos em curto intervalo de tempo, afirmou o Netinho de Várzea Nova.

Netinho de Várzea Nova revelou ainda que após reassumir nesta última quinta (29) recebeu a folha de pagamento com os limites prudenciais acima do permitido pela gestão pública com 59% comprometido com cargos comissionados e contratados, “fui obrigado a demitir todos os cargos para iniciar a compra de medicamentos, merenda escolar, regularizar a folha em dia atender até os universitários que estudam na capital como fizemos nos primeiros nove meses que assumimos a gestão, e tudo estava em dia e funcionava e nada faltava principalmente o pagamento dos servidores públicos, que concedi aumento entre professores P1 e P2”, enfatizou o novo prefeito.

Netinho de Várzea Nova disse ainda que devido o índice da folha de pagamento está acima dos limites prudências permitido limitou a contração na folha de pessoal de até R$ 350 mil, para realizar a folha de pagamento em dia e para realizar o décimo terceiro salário de 2015 que se aproximando . De acordo ainda com o prefeito o “Sagres TCE nos nove meses da gestão anterior custava R$ 1,4 milhões mês pagos a cargos de comissionados e contratados da gestão amarela que ninguém sabia aonde esse povo trabalhava”, vamos economizar para realizar os compromissos deixados pela gestão passada para não prejudicar o servidor, finalizou Netinho.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente