Prefeito Netinho faz balanço de 15 dias de gestão; e garante redução da violência com monitoramento de Câmaras em Santa Rita.

Prefeito Netinho faz balanço de 15 dias de gestão; e garante redução da violência com monitoramento de Câmeras em Santa Rita.

netinho correioO prefeito de Santa Rita, Netinho de Várzea Nova nesta sexta-feira (16) em entrevista no  Sistema Correio, fez um balanço positivo dos primeiros 15 dias de ações depois de reassumir o comando da prefeitura de Santa Rita, “estamos regularizando a folha de pagamento dos servidores públicos com atrasos de até quatro meses e destacou que vários projetos serão desenvolvidos em sua gestão, entre eles,  o monitoramento de câmeras em diversos bairros no combate a violência e da criação da guarda municipal com seu edital que vai auxiliar nos serviços de segurança pública que vem assolando a vida de nossos jovens no município a décadas, anunciou.

O atual prefeito de Santa Rita justificou ainda o decreto de estado de calamidade pública da secretaria de saúde do município, “50% das unidades de saúde de Santa Rita estão sem funcionar e interditadas pelos conselhos e Agevisa, foi a única solução para regularizemos o funcionamento com os serviços básicos, além de interditados os Centros de Especialidades Odontológicos (CEO), Centro Psíquico Social (CAP’S), afora os atrasos de 660 mil do repasse do hospital Flávio Ribeiro Coutinho e o fechamento da clínica de reumatologia descredenciada que atendia a 6.800 usuários mês, e o CRM na porta querendo interditar mais unidades.

“Foi preciso diálogo e compromisso entre o CRM, AGEVISA e Ministério Público para restabelecer o funcionamento das unidades que estamos trabalhando diuturnamente para cumprir dentro dos prazos legais para que a população de Santa Rita volte e ser assistida pelos serviços do SUS, e os convênios que serão futuramente celebrados para atender as pessoas carentes no município, Iniciamos a reforma completa no Padre Malagrida dentro dos critérios do CRM, essa unidade de saúde tem sido uma referência nos serviços de saúde em Tibiri ll que vai atender a quase 70 mil pessoas, enfatizou o prefeito Netinho.

Netinho revelou ainda que Santa Rita nunca passasse por um desastre administrativo com esse que atingiu todos os setores “o dinheiro existe e em 15 dias pagamos a folha de pagamento mesmo com a crise e a queda de receita, estamos dialogando,  e o que vai entrando nos cofres da prefeitura estamos efetuando o pagamento,  inclusive á folha de pagamento conclui-se no dia 21, com todos os servidores em geral, é preciso regularizar tudo agora para fechar as folhas e décimo terceiro salário que se aproxima de dezembro, afirmou.

O prefeito Netinho de Várzea Nova mencionou ainda quando assumiu a gestão em março 2014 os servidores se encontravam em greve e foi preciso ir ao sindicato pelo qual concedemos o aumento desejado da categoria a época, inclusive a equiparação salarial entre os professores P1 e P2 que era uma reivindicação antiga do magistério acabando com a descriminação salarial existente, e hoje os professores foram os servidores mais perseguidos pela antiga gestão que luto até para fechar o sindicato, lembrou o prefeito Netinho.

Por fim, Netinho argumentou que vários projetos estão inseridos ao longo e curto prazo na cidade de Santa Rita, e se estivesse permanecido na gestão a cidade seria outra, e o resultado com o meu afastamento o povo está vendo hoje a situação da cidade, dentre eles, estão; monitoramento de câmeras em vários bairros, a criação da guarda municipal já com seu edital, o projeto novos caminhos que contempla o anel viário de todo o município com 25 kms de asfalto com abrigos para passageiros de ônibus e faixa de pedestre na cidade, além de operação tapa buracos que foram encontrados mais de 100 mil buracos deixados pala gestão antiga, finalizou o prefeito de Santa Rita Netinho.

Foto: Manno Costa

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.