Prefeitura de JP fecha Estação Ciência e deixa turistas frustrados - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Prefeitura de JP fecha Estação Ciência e deixa turistas frustrados

estação ciencia umLocalizada no ponto mais oriental das Américas e apontada por pesquisas como o terceiro roteiro mais visitado por turistas e paraibanos que residem em João Pessoa, a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes virou alvo de críticas neste final de semana. Especializado no segmento turístico, o jornalista Fábio Cardoso utilizou seu blog (turismoemfoco.com.br) para denunciar a falta de profissionalismo da Prefeitura da Capital no setor de turismo.

“Passei na manhã do sábado (25) na Estação Ciência e Artes, no ponto mais oriental das Américas e terceiro roteiro mais visitado por turistas e paraibanos que residem em João Pessoa, segundo as empresas e senti total clima de decepção. Havia cinco ônibus lotados de turistas, três deles de Serra (ES), Salvador (BA) e Goiânia (GO), além de cinco vans, igualmente cheias de turistas”, conta Fábio Cardoso.

“Então, qual o motivo do clima de decepção? Simplesmente porque a Estação Ciência, em plena época de férias e ebulição de visitantes, estava fechada”, denuncia o jornalista. “Realmente não dá para entender esse tipo de situação. Penso que a administração do equipamento turístico, de Ciências e Artes, com projeção internacional por ter sido uma das últimas obras de Oscar Niemeyer, poderia ter um esquema especial de atendimento, pelo menos nesse período do ano”, acrescenta.

Segundo Fábio Cardoso, pelo mais de 200 turistas acabaram ‘barrados’ na porta da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. “Se você somar 40 passageiros em cada um dos seis ônibus, teríamos aí, por baixo, 240 pessoas que deixaram de conhecer essa obra, um dos principais cartões postais de cidade”, observou o jornalista.

“Tudo bem, sabemos que esse equipamento é aberto no começo da tarde, com uma série de programações artistas e culturais, mas não se pode ignorar esse fluxo de turistas no local pela manhã de um sábado ensolarado. Turista não gosta apenas de praia, curte Cultura, Ciência e História”, acrescentou Cardoso. “Menos mal, porque todos foram conhecer o Farol do Cabo Branco, onde está situado no ponto mais oriental das Américas, mas que o passeio poderia ter sido ainda melhor, poderia”, finalizou.

Paraíba Já