Premiê grego vai renunciar ao cargo

alexis tsprasO primeiro-ministro Alexis Tsipras(Stoyan Nenov/Reuters)

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, deve anunciar que vai renunciar ao cargo nesta quinta-feira, segundo informam as agências de notícias internacionais. Uma autoridade do governo ouvida pela agência Reuters afirmou que Tsipras vai comunicar o presidente do país, Prokopis Pavlopoulos, sobre a sua decisão ainda hoje. Em seguida, ele deve fazer um pronunciamento em rede nacional no qual convocará novas eleições para o dia 20 de setembro.

Segundo a agência EFE, Tsipras está agora reunido no palácio do governo com assessores de alto escalão para decidir os seus próximos passos – isso aumentou as especulações de que o anúncio será feito ao final deste encontro, por volta das 14 horas no horário de Brasília. A probalidade de se antecipar as eleições tem sido ventilada desde a aprovação do terceiro pacote de auxílio financeiro, de pelo menos 86 bilhões de euros, no parlamento grego.

O partido de Tsipras, o Syriza, está profundamente dividido sobre a decisão do primeiro-ministro de chegar a um acordo com os credores internacionais, o que obrigou a Grécia a adotar medidas de austeridade ainda mais duras do que as rejeitadas no plebiscito que ele próprio convocou.

De acordo com dois funcionários do governo, Tsipras pretende dizer ao presidente grego que não tem mais como continuar no cargo por não ter uma maioria estável no Legislativo.

O ministro de Energia da Grécia, Panos Skurletis, afirmou hoje que as eleições antecipadas se transformaram em uma opção necessária porque o Syriza “perdeu poder e, por extensão, o governo e também por uma questão de legitimidade democrática”.

veja