Presidente da CMSR acusa Reginaldo de 'falsificar assinatura' para vender áreas verde - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Presidente da CMSR acusa Reginaldo de ‘falsificar assinatura’ para vender áreas verde

presidente josaO ex-prefeito cassado, Reginaldo Pereira, corre o risco de responder processo por crime de falsificação. A Câmara Municipal de Santa Rita iniciou investigações sobre denúncia de venda ilegal de áreas verde do município na gestão do prefeito cassado.

Os vereadores estão juntando provas em que Reginaldo Pereira, de má fé,  falsificou a assinatura do ex-prefeito Marcos Odilon para se beneficiar da venda de lotes.

De acordo com o presidente da Casa, Joselito Carneiro (Josa de Nezinho), já há comprovação em cartório da falsidade ideológica que se caracteriza estelionato praticado por Reginaldo Pereira.

Josa de Nezinho revelou ainda que tem em mãos uma gravação pela rede social whatsapp, que será exibida na tribuna da Câmara Municipal, em que o filho do ex-prefeito cassado mandava e desmandava na Prefeitura.

Exemplificando, Josa citou trecho da conversa entre o filho de Reginaldo e a Procuradoria da prefeitura onde ele pede para ‘agilizar’ um parecer de uma adesão de ata referente licitação do ano de 2013, as quais não existiam medicamentos, licitações e nem pareceres.

Josa de Nezinho pretende protocolar na próxima semana ação contra Reginaldo Pereira no Ministério Público e na Polícia Federal por crime de corrupção. “Reginaldo Pereira, que a época tentou me corromper e que eu o presidente não aceitei”.

ClickPB