Presidente do PT cobra “gratidão”, e deputado destaca descrença na união PT/PSB em 2016

frei bomEnquanto o secretário do PT, Jackson Macedo, torce pela gratidão do PSB com vistas às eleições municipais de 2016, em João Pessoa, o deputado estadual Frei Anastácio (PT) não esconde a descrença na aliança.

Em entrevista ao portal PB Agora, nesta quinta-feira (30), Anastácio disse que não acreditava na união das duas legendas, no entanto preferiu deixar que o tempo fale por ele mesmo. Para o frei, quem deve se posicionar sobre essas articulações são os petistas que firmaram a aliança em 2014 e que sonham com a reedição dessa união.

“Isso eu já disse há muito tempo, eu não acredito nesta aliança. O tempo é que vai dizer, mas acho que quem tem que responder é quem fez essa aliança”, asseverou o petista.

Ontem, Macedo lembrou a gratidão como uma das questões mais importantes da política e por isso ainda crê na união com o PSB para 2016.

“ O PT sabe da aliança, quer, defende e quer construir essa união. Fizemos a aliança quando ninguém queria se aliar com o PSB, nós fizemos. Construimos a vitória. A bola está agora com o PSB. Na política uma das questões mais importantes é gratidão. Gratidão se paga com gratidão e é isso que esperamos. Mas se o PSB não quiser essa composição, o PT vai campanha de forma tranquila, aprensentando o que foi feito na cidade e comparando inclusive aquilo que foi feito pelo outros governos”, disse Macedo.

PB Agora