Primeiro desafio de Kita como presidente da Câmara é votação do pedido de cassação de Berg

Primeiro desafio de Kita como presidente da Câmara é votação do pedido de cassação de Berg

Primeiro desafio de Kita como presidente da Câmara é votação do pedido de cassação de Berg (Foto: Divulgação)

Um dos primeiros desafios de Jefferson Kita (PSB) à frente da Câmara Municipal de Bayeux é a votação do pedido de cassação de Berg Lima (Podemos). Noquinha, presidente da Casa no primeiro biênio, adiou a votação que poderia ter acontecido em dezembro de 2018 e a colocou para o dia 3 de janeiro.

Kita vai tomar posse no cargo de presidente nesta terça-feira (1º), às 8h30, na Câmara de vereadores de Bayeux. Ele sucederá Noquinha, neste segundo biênio.

Defensor da cassação de Berg, Kita informou ao ClickPB no dia 26 de dezembro que o plenário é soberano e que é quem decidirá o futuro do prefeito que já foi preso no ano passado suspeito de receber propina, tendo, inclusive, sido flagrado em vídeo.

ClickPB