Principal opositor do governo de Putin é detido durante manifestação

Milhares de russos foram às ruas após a convocação do líder opositor (Foto: Tatyana Makeyeva/Reuters)

O líder opositor Alexei Navalny foi detido pela polícia neste domingo (28), durante manifestações nacionais convocadas por ele. Os protestos pedem o boicote à eleição presidencial de 18 de março – que serão fraudadas, de acordo com Navalny.

Milhares de jovens foram às ruas contra o governo de Vladimir Putin.

No Twitter, o líder escreveu “A detenção de uma pessoa perde o significado, se somos muitos. Alguém venha e me substitua”, postou em russo. Ele também divulgou o vídeo que mostra o momento em que foi detido.

De acordo com a AFP, a polícia invadiu com uma serra o escritório central de Navalny para impedir a transmissão ao vivo da cobertura dos protestos. A polícia prendeu vários funcionários do Fundo de Luta contra a Corrupção, criado em 2012, e seguidores do político em outras regiões, informou a equipe de Navalny.

Alexei Navalny foi detido durante a manifestação. A imagem é do dia 24 de janeiro, quando ele foi à Corte Europeia de Direitos Humanos. (Foto: Vincent Kessler/Reuters)Alexei Navalny foi detido durante a manifestação. A imagem é do dia 24 de janeiro, quando ele foi à Corte Europeia de Direitos Humanos. (Foto: Vincent Kessler/Reuters)

Alexei Navalny foi detido durante a manifestação. A imagem é do dia 24 de janeiro, quando ele foi à Corte Europeia de Direitos Humanos. (Foto: Vincent Kessler/Reuters)

G1.Globo