Procurador da República apura irregularidades na gestão do ex-prefeito de Sousa

Procurador da República apura irregularidades na gestão do ex-prefeito de Sousa

taironeDenúncias de fraudes em licitação, desvios de recursos da educação, saúde e construção de barragem, bem como acumulação ilegal de cargos levaram o Ministério Público Federal a abrir, nas duas primeiras semanas de outubro, 20 inquéritos civis públicos contra prefeito e ex-prefeitos de municípios do interior da Paraíba.

Um dos acusados foi o ex-prefeito de Sousa Fábio Tayrone que investigado sobre possíveis irregularidades em convênios entre a prefeitura e Ministério das Cidades.

Em Sousa, no Sertão da Paraíba, o procurador da República, Djalma Gusmão Feitosa, converteu notícia de fato em inquérito civil com o objetivo de apurar possíveis irregularidades, na execução de convênio firmado entre a prefeitura e Ministério das Cidades, praticados durante o exercício de 2011 na gestão do ex-prefeito Fábio Tyrone.

Cerca de R$ 200 mil foram destinados para a implantação e melhorias de obras de infraestrutura urbana. Os gestores só vão se pronunciar após serem notificados pelo MPF.

Redação com MPF