Professores rejeitam proposta da prefeitura de Santa Rita;"deflagram greve e pedem bloqueio da contas da prefeitura".

Professores rejeitam proposta da prefeitura de Santa Rita;”deflagram greve e pedem bloqueio da contas da prefeitura”.

Protesto umProfessores uniformizados de preto simbolizando a morte da educação de Santa Rita rejeitaram a proposta da prefeitura referente ao salário atrasado de dezembro de 2015 de re-parcelamento da dívida em três parcelas, nesta segunda-feira (25), deflagram greve por tempo indeterminado além do bloqueio das contas bancárias da prefeitura para pagar o magistério até que a gestão se pronuncie pelo pagamento integral que completou quatro meses, para tanto foi aprovado também atos e mobilizações com a categoria com caminhada até Câmara de Santa Rita para sugerir apoio do parlamento.

Na assembleia no sindicato ficou aprovado também pela categoria do magistério mais uma caminhada até a Câmara de Santa Rita a partir desta terça-feira (26), ás 10hs, na oportunidade os professores se reúnem no sindicato dos servidores até 9h30 minutos,  tendo como objetivo do parlamento se posicionar e debater a situação caótica da educação de Santa Rita que atinge todos os setores da gestão pública que vem capengando na realização de pagamento de salários de servidores no município.

Já para o professor Lissandro Lima disse que o prefeito apresentou uma proposta em dividir o que ele já havia dividido a parcela dos outro 50 % de dezembro atrasado que ficou decidido que não aceita de forma alguma mais divisão dessa parcela, que até a direção do sindicato propôs em duas parcelas e os professores revoltados a recusaram e estamos paralisados e agora se agravou mais ainda que agora o magistério estar solidário com a categoria dos vigilantes e amanhã a categoria vai a Câmara de Santa Rita pressionar o vereadores para tomar uma posição para com a situação que dos servidores de setores vem sofrendo por falta de pagamento em Santa Rita, afirmou.

Para o vigilante Nascimento que presta o serviço de segurança á 18 anos disse que nunca viu na gestão tanta desorganização em relação aos pagamentos que a sessenta dias ninguém ver a cor do dinheiro e continuam trabalhando e após os professores deflagrarem greve por tempo indeterminado vamos nos unirmos e paralisar também  por que ninguém agüenta trabalhar e chegar em casa e não ter o que comer e os recursos adentrando no município, e o prefeito Netinho dizendo que não tem dinheiro, e o que se comenta nos próprios corredores da administração é que o prefeito se utiliza  dos recursos da gestão para fazer um caixa de campanha que é imoral deixando pais de família que trabalha morrendo de fome, lembrou.

O professor Valdir que vem acompanhando e reivindicando com a categoria desde dezembro de 2015 em relação ao salário atrasado disse que o que ficou acertado com a categoria no IPREV foi a divisão em duas parcelas e o prefeito Netinho ao completar quatro meses de atraso faz uma proposta de reparcelamento que a categoria recusou e paralisamos ás aulas por tempo indeterminado até que a gestão se pronuncie. O professor disse ainda que ficou surpreso nesta semana quando a 100.5 FM, noticiou em relação que mais de 1.250 cargos da prefeitura de Santa Rita seriam exonerados os contratados e comissionados o que nos chama atenção é aonde ficam esses postos de trabalhos que com certeza causa uma impacto na gestão para honrar compromissos.fotos protesto

 

Lamartine do Vale