Projeto da UE vai gerar energia em Minas com dejetos de suínos

Enquanto o país debate o potencial do pré-sal e energético do governo, uma iniciativa inédita no mundo, bancada pela União Europeia em Minas Gerais, pode revolucionar o setor elétrico no conceito de energia renovável.

Dez municípios do Vale do Piranga, região central do Estado, aderiram a programa incentivado através de uma ONG italiana e o Instituto Brasil, com sede em Viçosa (MG).

O projeto visa transformar dejetos de suínos – cultura forte no Vale – em energia elétrica a partir da instalação de pequena usina que beneficiará agricultores. As instalações serão feitas em 2014, e a artimanha é sigilosa por ora.

A ideia da UE é exportar o modelo. O Brasil foi o foco dos estudos de viabilidade, segundo a ONG, porque há demasiada burocracia e impedimentos nos países europeus.

Quem bancou o projeto pelo Instituto Brasil – ONG direcionada à agricultura familiar – foi um braço da UE chamado Renewable Energy and Energy Efficiency Partnership.

O potencial de energia não é apenas para o campo: ‘O projeto inovador pretende gerar considerável potencial elétrico para as cidades do Piranga’, ressalta o Instituto Brasil.

Siga a coluna no Twitter e no Facebook   

________________________

TURBULÊNCIA PALACIANA

Os ministros palacianos do Planalto tentam descobrir em que mundo vivem os diretores da Anac. Durante reunião com gerentes das aéreas, houve tensão à mesa. Para a Anac, os preços das passagens caíram 40% na última década. Para o governo, que calculou via IPCA, eles subiram 131,5% (!). E então começou a turbulência oral. Na reunião, o representante da Associação Brasileira de Empresas Aéreas (que prefere,claro, o índice Anac) criticou o método do governo e foi interpelado pelo assessor da Fazenda. Ele lembrou que o índice mede a inflação oficial do Brasil. Segundo a Anac, o cálculo do IBGE é relapso, aborda apenas trechos de fins de semana e com pesquisa na internet, enquanto a agência pesquisou todos os trechos semanais e também nas agências de turismo e balcões.

VIDA DE DETENTO

Vem de carcereiro do Presídio da Papuda, em Brasília: o deputado licenciado Natan Donadon (lembram dele), detido lá, tem como rotina revista nu duas vezes por semana.

MUTIRÃO CONSTITUCIONAL 

Os 25 anos da nova Constituição escondem percalços de tramitação. O senador Romero Jucá lidera grupo que analisa 112 artigos da Carta ainda não regulamentados.

LOBBY DOS MICRO 

A ANTT está atenta ao lobby dos fabricantes de microônibus no Congresso para driblar, via lei, resolução da agência que proíbe estes veículos de operarem turismo de longa distância – hoje permitido somente aos grandes ônibus executivos. Ocorre o seguinte: os deputados e senadores sofrem pressão das grandes montadoras como Mercedez e Iveco, entre outras, que ‘entopem’ de bancos as vans fabricadas e as classificam de… microônibus, para vender mais caro. Daí o lobby do turismo.

NA CANELA FC

Romário é contra o ‘pacote Frankestein’ de regulamentação das profissões de futebol bancado pela CBF e pelos deputados Vicente Cândido, Deley e Danrlei, que apensaram propostas. Para ele, não atende direitos dos atletas. O lobby é para aprovação este ano. Na Quarta pela manhã, um grupo suprapartidário se reúne na presidência da Câmara com dirigentes de futebol para criar a comissão especial de debates.

OS TRÊS CRISTÃOS 

Uma dúvida cruel tomou o PSC, que quer lançar candidato ao Planalto. Dois no páreo: o do vice-presidente, pastor Everaldo (RJ), e o da revelação deputado Pastor Feliciano (SP). Agora surge o ex-senador Mão Santa (PI), que requer seu espaço na vitrine. Pastor Feliciano tem posições polêmicas, mas que vão ao encontro do ideário dos evangélicos. Mão Santa atua como médico voluntário no interior do Piauí.

PONTO FINAL

Alô, Bolsa de NY: Pré-sal que nada! Forte mesmo no Brasil é o cocô de porco.

 

UOL