Projeto de lei prevê reaproveitamento de água de condicionadores de ar

Projeto de lei prevê reaproveitamento de água de condicionadores de ar

A água gerada pelos condicionadores de ar em edifícios comerciais e residenciais gera sujeira, danifica fachadas e, ainda por cima, é desperdiçada. Embora não seja potável, essa água pode ser utilizada para diversas atividades, como lavagem de calçadas e garagens, rega de jardins e descarga de vasos sanitários. Pensando nisso, o deputado Ricardo Barbosa (PSB), líder do governo na Assembleia Legislativa, protocolou projeto de lei que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de mecanismo de captação, armazenamento e conservação para reuso de água proveniente de aparelhos de ar condicionado.

Pelo projeto, as novas edificações residenciais multifamiliares, comerciais e industriais na Paraíba ficarão obrigadas a instalar esses mecanismos. As edificações já existentes ou em fase de construção ou reforma, quando da entrada em vigor da lei, terão um prazo de cinco anos para se adaptar às novas regras.

O descumprimento dessas regras será punido com multa correspondente a 50 UFR/PB para prédios residenciais e de 100 URF/PB para as comerciais e industriais.

Fonte83