Protestos pelo Brasil abrem brecha para que Copa custe mais do que os R$ 33 bi estimados - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Protestos pelo Brasil abrem brecha para que Copa custe mais do que os R$ 33 bi estimados

A onda de protestos no Brasil, principalmente nas sedes da Copa das Confederações, abre brecha para que a União tenha que desembolsar bem mais do que os R$ 33 bilhões estimados como gastos com os eventos da Fifa.

Isso porque a Lei Geral da Copa prevê que o governo federal deve assumir, perante a Fifa e seus parceiros, os efeitos da responsabilidade por todo e qualquer dano causado por qualquer incidente ou acidente de segurança relacionado às competições.

Portanto, se a Fifa, seus parceiros comerciais, funcionários ou qualquer torcedor se sentir lesado pela onda de protestos, a União terá que assumir a responsabilidade sobre o fato e, consequentemente, bancar a indenização.

As possibilidades de essas punições aconteceram são inúmeras. Por exemplo: se algum torcedor entrar com ação contra a Fifa reclamando que não conseguiu ir ontem ao Castelão –alvo de protestos alegando falta de segurança, será a União que terá que ressarci-lo por esse dano.

FOLHA