PSD anuncia 3 mil filiações e confirma oito partidos na aliança com Luciano Cartaxo

cartaxo e lucélioO diretório do PSD em João Pessoa fez, na manhã deste sábado (7), uma solenidade de novos filiados e confirmou a aliança com mais sete partidos. O presidente do diretório municipal, Lucélio Cartaxo, afirmou que na Capital a legenda tem mais três mil novos filiados e trabalha para aumentar a aliança que dará palanque à pré-candidatura do prefeito Luciano Cartaxo, que disputa a reeleição.

O PSD de João Pessoa confirmou a aliança com o PMN, PC do B, PP, PRB, PSDC, PSH e Solidariedade. Presidente de outras legendas, como Lídia Moura (PMN), participaram do encontro, ao lado de vereadores da base de sustentação política. O ato foi realizado em um hotel na orla do Cabo Branco e o auditório com capacidade para 500 pessoas ficou lotado, inclusive com participação de secretários municipais de João Pessoa. Entre os novos filiados, estava o ex-vereador pelo PMDB, Fernando Milanez.

Lucélio Cartaxo disse que a intenção é preencher o número máximo de candidaturas que a coligação proporcional permitir. “Se houver essa aliança o número pode aumentar, mas temos quadros suficientes para isso. Estamos apresentando nova composição do diretório municipal, com os novos filiados. O PSD conseguiu mais três mil novos filiados em João Pessoa e estamos discutindo políticas públicas, fazendo uma avaliação da gestão”, observou.

Segundo o presidente do diretório municipal do PSD, o partido também é forte no estado, com mais de 200 vereadores, 26 prefeitos, um deputado federal, que é Rômulo Gouveia, presidente estadual da legenda; o deputado estadual mais votado das eleições passadas, que é Manoel Ludgério; e seis vereadores em João Pessoa, além do prefeito Luciano Cartaxo.

Lucélio confirmou oito partidos na coligação. “É evidente que queremos aumentar essa composição. Existe um reconhecimento ao trabalho que tem sido feito na cidade e queremos aumentar essa base, para que mais partidos possam se juntar”, disse.

O presidente do PSD de João Pessoa revelou que já vem discutindo com os aliados um nome para o vice de Cartaxo nas eleições deste ano e que na quarta-feira já se reuniu com dirigentes dessas outras legendas, deixando claro que todos têm o direito de reivindicar essa vaga na chapa. “Nosso partido tem a marca do trabalho e do diálogo. Cada partido tem um direito legítimo de colocar um nome, dentro de um perfil do entendimento e do diálogo, que vai fazer com que o partido possa crescer cada vez mais”, frisou.