João Pessoa 20/03/2019

Início » Notícias » PSDB realiza convenções estadual e municipal; vereador defende reinvenção

PSDB realiza convenções estadual e municipal; vereador defende reinvenção

Diretório do partido em João Pessoa, comandado por Lauremília Lucena, deve discutir sucessão no mês de abril e convenções do PSDB estadual acontecem entre os dias 03 e 06 de maio.

Vereador Luís Flávio ressaltou não ter pretensão de assumir legenda (Foto: Walla Santos)

O PSDB na Paraíba vai realizar suas convenções somente no mês de maio, entre os dias 03 e 06, e a tendência é que o deputado federal Pedro Cunha Lima seja escolhido para assumir a presidência da legenda, atualmente comandada pelo deputado federal Ruy Carneiro. Cássio Cunha Lima declinou do favoritismo e deu carta branca a Pedro. Já o diretório do partido em João Pessoa, comandado por Lauremília Lucena, deve discutir sucessão no mês de abril, quando acontecem as convenções municipais.

“Eu acredito que Pedro deve assumir a direção estadual. A municipal está sendo decidido ainda, Ruy ainda vai conversar com Lauremília para ver como vai ficar”, disse o vereador Luís Flávio, ao Portal ClickPB.

Sem nenhum deputado estadual na Assembleia, o PSDB perdeu em termos de representação estadual, na última eleição. O vereador Luís Flávio também acredita que o PSDB, em João Pessoa, precisa se reinventar, sobretudo com vistas às eleições municipais de 2020. Porém, disse que não tem nenhuma pretensão de presidir o partido.

“Tivemos uma queda muito grande desde que Cícero deixou a vida pública. Fabiano Lucena deixou a vida pública, João Gonçalves mudou de partido”, disse, lembrando que o vereador Marcos Vinícius anunciou desfiliação. “Graças a Deus Ruy foi reconduzido, agora, porque a gente estava sem nenhuma representação de nível do PSDB em João Pessoa”, avaliou o vereador. Ele atribui o problema à multiplicidade de partidos e afirma que o PSDB precisa atrair lideranças para a legenda.

“Muitos migraram por questões de logística eleitoral, mas agora como não vai ser mais permitido as coligações, eu acho que talvez os partidos se fortaleçam”, ponderou Luís Flávio.

ClickPB