Quase 3 mil imigrantes morrem tentando chegar à Itália este ano

imigrantes doisMais de 2.740 imigrantes morreram no Mar Mediterrâneo tentando chegar à Itália, porta de entrada para a Europa, desde o começo deste ano, informou hoje (9) um relatório da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

O Canal da Sicília, no Mar Mediterrâneo, é conhecido por ser uma das rotas mais mortais do mundo e é um dos principais caminhos usados pelos que querem sair do norte da África em direção à Europa. Enquanto isso, 383 morreram no Mediterrâneo desde o início do ano tentando chegar à Grécia.

Desde janeiro até o último domingo (dia 7), 263.636 imigrantes e refugiados chegaram à Europa por vias marítimas. A maioria, 160.888, desembarcou na Grécia.   Ainda segundo a OIM, 24 mil desembarcaram na Itália apenas em julho.

Jornal do Brasil