Raíssa decide não assinar CPI da Lagoa, mas manda recado: “Continuo não subserviente, não bajuladora”

A vereadora Raíssa Lacerda (PSD) anunciou, nesta segunda-feira (25), que não assinará o pedido de instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades e desvios na obra da Lagoa. Parlamentar disse que decisão foi tomada após uma conversa com seu pai, o ex-governador José Lacerda.

“Eu não vou pautar o meu mandato em CPI. Eu tenho leis e projetos importantes. Conversando com o meu pai, na experiência dele de 44 anos de Legislativo, ele disse que não acrescentaria eu assinar”, explicou.

Raíssa fez questão de ressaltar que não houve nenhum contato com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), para tratar assunto. “Não tive contato com o prefeito. Continuo com postura não subserviente, não bajuladora, aplaudindo o que é correto, reclamando do que eu não acho correto, e vou seguir meu mandato”, declarou.

A vereadora disse que já informou sua decisão ao líder da oposição na Câmara Municipal de João (CMJP), o vereador Bruno Farias. “Já falei com Bruno e ele respeitou. Pontuo o respeito a todos da oposição”, finalizou.

Blog do Gordinho