Raposa enfrenta Auto Esporte em jogo que vale vaga na final do Paraibano e o calendário para o segundo semestre - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Raposa enfrenta Auto Esporte em jogo que vale vaga na final do Paraibano e o calendário para o segundo semestre

freitas nascimentoEm plena Copa do Mundo, a torcida do Campinense tem um motivo para se desligar um pouco do Mundial e se voltar as disputas do Campeonato Paraibano 2014. No 7º dia do Mundial, o Campinense tem a mais importante partida deste primeiro semestre.

A Raposa entra em campo para enfrentar o Auto Esporte às 20h30 no estádio O Almeidão em João Pessoa, em um jogo que pode representar a vaga na grande final da competição estadual e o calendário para o restante da temporada. Como venceu o primeiro duelo por 2 x 0, o rubro-negro pode até perder por um gol de diferença que mesmo assim, garante presença na final e de quebra, conquista o direito de disputar a Série D do Brasileiro, e ainda a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste em 2015. . Em compensação, uma derrota por mais de dois gols de diferença, deixa o Campinense não só fora da briga pelo título do Paraibano, como sem calendário para o segundo semestre.

Sabendo da importância dessa partida para as pretensões da Raposa, o técnico Freitas Nascimento pediu aos jogadores para encararem o duelo como uma decisão. Ele enfatizou que mesmo tendo a vantagem, o time não pode se acomodar, mas buscar do inicio ao fim da partida, o resultado positivo.

Na última atividade realizada ontem no Estádio Renatão, Freitas procurou deixar os jogadores tranquilos. O treinador Freitas Nascimento comandou um recreativo com participação de parte da comissão técnica raposeira.

Antes do treino, o comandante Freitas Nascimento realizou uma palestra com o elenco durante aproximadamente trinta minutos. O treinador garantiu que a reunião foi apenas um bate-papo e que ele costuma fazer isto sempre antes de partidas decisivas.

– Foi uma reunião rotineira, que costumo fazer sempre antes do jogos. Mostramos a realidade da coisa, aquilo vamos precisar para conseguir essa segunda meta do grupo que nós traçamos. Mas esperamos sair de João Pessoa com a vaga garantida – declarou confiante. Para o jogo contra o Macaco Autino, a novidade vai ficar por conta da volta do atacante Thiago Ferreira ao time titular e do zagueiro Edson Veneno, que voltou de contusão, mas deve ficar no banco de reservas.

Se não houve nenhum problema antes do jogo, o time da Raposa deve entrar em campo com: Rodrigão, Zé Leandro, Itallo, Moacri e Badé; Marielson, Basílio, Thiago Ferreira e William, Rodrigo Dantas e Wanderley.

Vice campeão do primeiro turno do Estadual, o Auto Esporte acredita na vitória e consequentemente, na conquista da vaga para a grande final. O Auto também sonha em disputar a Série D do Brasileiro, e voltar a disputar a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste. O time tem alguns problemas para o jogo decisivo. Mesmo sem poder contar com a força máxima e precisando escalar jogadores da base para completar o elenco na partida contra o Campinense, o treinador do AutoEsporte, Jazon Vieira, garantiu que ainda assim acredita na classificação do seu time para a final do Campeonato Paraibano.

Para a segunda partida da semifinal, o treinador não poderá contar com o zagueiro e capitão da equipe, Léo Oliveira, além do atacante Beto. Ambos não se recuperaram a tempo e continuam entregues ao departamento médico do clube. Numa temporada em que o Clube do Povo conseguiu voltar a disputar uma semifinal após 13 anos, o time comandado por Jazon Vieira pode agora quebrar mais um tabu. Se garantir a vaga, o Auto volta a disputar uma final de campeonato estadual depois de 22 anos. O último foi em 1992, quando a equipe foi campeão paraibana em cima do Treze.

O vencedor desse confronto enfrentará o Botafogo – PB – na final. Ontem, o Belo venceu o CSP por 3 x 1 e conquistou o direito de brigar pelo bicampeonato estadual.

Severino Lopes

PBAgora