João Pessoa 17/02/2019

Início » Cidades » “Rasguei o pescoço dele”, disse suspeito de matar homem no Parque

“Rasguei o pescoço dele”, disse suspeito de matar homem no Parque

Policiais acharam mensagens sobre o crime no celular de Diogo José Veloso das Neves, 21 anos. Vítima também foi espancada

Investigadores da 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) prenderam, na manhã desta quinta-feira (20/12), o suspeito de matar Robson Milton Santos, 40 anos, encontrado no domingo (16) próximo ao Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. A polícia chegou até Diogo José Veloso das Neves, 21, depois que ele postou um vídeo nas redes sociais ao lado do corpo da vítima.

Policiais também encontraram mensagens no celular do acusado nas quais ele diz que cortou a garganta da vítima com estilhaços de uma garrafa. O conteúdo dos diálogos entre o suspeito e outras pessoas aponta que o crime teria sido motivado por um suposto estupro praticado por Robson Santos, o que não foi confirmado pelas diligências da PCDF.

Em uma das conversas, Diogo afirma, em tom irônico, que rasgou o pescoço da vítima, já no final do espancamento. Policiais cumpriram mandado de prisão temporária contra o suspeito no Setor Leste do Gama durante a deflagração da Operação Castle.

Ele foi indiciado por homicídio duplamente qualificado. Na casa do suspeito, os agentes encontraram as roupas que ele estaria usando no dia do crime (foto de destaque).

Robson Santos apresentava trauma no rosto, estava despido e sem documentos. Ele já havia sido preso por lesão corporal e ameaça, e chegou a cumprir prisão domiciliar. O suspeito do crime foi levado à 1ª DP para prestar depoimento.

De acordo com as apurações da polícia, Diogo (foto abaixo) seria apenas um dos autores do assassinato. Ele teria agido em grupo para matar a vítima, que foi brutalmente espancada.

Reprodução
Metrópoles