RC nega acordo para beneficiar Olenka e avisa que PSB deve disputar prefeitura de Araruna

rc desconvesar sobe olenkaEm solenidade de entrega de obras no município de Araruna essa semana, o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) descartou a existência de um acordo para proporcionar o retorno da ex-deputada Olenka Maranhão, do PMDB, à Assembleia Legislativa da Paraíba.

Olenka seria uma das beneficiadas com um assento na Casa de Epitácio Pessoa caso o chefe do executivo concretizasse a nomeação do deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB) em uma das pastas do primeiro escalão do governo.

“Não, não tem nenhum acordo fechado para proporcionar o retorno de Olenka Á ALPB. Eu tenho apenas o apoio de alguns deputados na Assembleia Legislativa e também tive o apoio da sigla segundo turno. Alguns membros do PMDB não seguiram a orientação do partido, mas isso não nos impede de avançar caso haja possibilidade”, disse.

Ricardo ainda deixou claro que qualquer intermediação junto ao PMDB passa pelo crivo do senador José Maranhão e que alguma definição futura dependerá exclusivamente das questões internas da sigla.

“Meu contato com o PMDB passa pelo senador José Maranhão e depende apenas de questões internas da sigla, ou seja, quem sai, quem não sai, não depende muito do governo, depende mais do PMDB, da própria questão interna deles”, falou.

Sobre apoiar o grupo Maranhão no município de Araruna, nas eleições de 2016, o governador apenas deixou claro que o PSB terá candidatura própria na região. Como a prefeita Wilma Maranhão (PMDB) já está no segundo mandato, ainda não se sabe se a legenda lançará um candidato próprio ou se apoiará um nome lançado pelo PSB.

“O que eu sei é que nós devemos ter candidato próprio em Araruna em 2016, sim”, avisou.


Márcia Dias

PB Agora