Receita do Grupo Pão de Açúcar cresce e atinge R$ 12,5 bilhões

O Grupo Pão de Açúcar (GPA) apurou receita líquida de R$ 12,5 bilhões no quarto trimestre de 2017, um crescimento de 6,8% na comparação com o mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano de 2017, a companhia varejista registrou uma receita de R$ 44,6 bilhões, expansão de 8,2% ante 2016. No critério mesmas lojas, que considera apenas unidades abertas há mais de um ano, as vendas do GPA aumentaram 3,5% entre outubro e dezembro na comparação com iguais meses de 2016. A variação leva em conta ajustes para efeitos de calendário e considera ainda lojas convertidas da rede de hipermercados Extra para a bandeira de “atacarejo” Assaí. A companhia registrou queda nas vendas da divisão de negócios que inclui as bandeiras Extra e Pão de Açúcar.

O segmento chamado de Multivarejo teve recuo de 0,6% nas vendas líquidas mesmas lojas no quarto trimestre de 2017 em comparação com igual período do ano anterior. Segundo o GPA, a deflação de alimentos impactou negativamente o crescimento mesmas lojas da bandeira Pão de Açúcar. A empresa destacou a redução de preços de alimentos como frutas, legumes, carnes e produtos sazonais de Natal. A queda dos preços de alimentos tem afetado o varejo porque, conforme relatam as redes, eventuais aumentos do volume de produtos vendidos não têm compensado a queda de preços.

Segundo o GPA, o volume vendido na bandeira Pão de Açúcar cresceu entre outubro e dezembro, marcando o segundo trimestre consecutivo de alta. A companhia afirmou ainda que a bandeira Extra teve crescimento no conceito mesmas lojas afetado pelo menor desempenho de vendas em produtos que não são alimentos. A empresa mencionou os eletroeletrônicos, produtos têxteis e de bazar. Embora esse desempenho tenha sido menor do que em períodos anteriores, a companhia afirma que essas categorias de produto seguiram com crescimento de dois dígitos.

O Assaí, registrou crescimento de 10,7% nas vendas líquidas no critério mesmas lojas no quarto trimestre de 2017. O indicador leva em conta unidades abertas há mais de um ano. Ao todo, a receita desse negócio atingiu R$ 5,4 bilhões entre outubro e dezembro. Em divulgação de resultados, o GPA afirmou que os resultados do Assaí foram afetados pela deflação de alimentos, mas destacou que a rede registrou aumento nas vendas em volume e no fluxo de clientes nas lojas. No acumulado do ano de 2017, o Assaí teve receita líquida de R$ 18,4 bilhões, um avanço de 27,8% ante 2016.

A companhia destacou que o desempenho no ano foi impulsionado pela inauguração de 20 novas lojas Assaí, sendo que 15 delas eram antigos hipermercados da bandeira Extra e que foram convertidos em lojas de “atacarejo”. Ainda de acordo com o GPA, os antigos hipermercados transformados tiveram vendas aumentadas em 2,5 vezes após a conversão. Além das conversões de loja, o GPA informou que, em 2017, inaugurou cinco lojas Assaí, três supermercados Pão de Açúcar e seis lojas de vizinhança com a bandeira Minuto Pão de Açúcar. A empresa reportou ainda a inauguração no ano que passou de duas drogarias e dois postos de gasolina.

Diário Comercial