Recuperado do câncer, Edson Celulari volta em ‘A força do querer’ e rejeita rótulo de galã

Quando “A força do querer” estrear, dia 3 de abril, um rosto bem conhecido do público estará de volta. Edson Celulari, recuperado do câncer, dará vida a Dantas, um empresário com a vida amorosa movimentada e predileção por mulheres mais novas. Além de falas cômicas, o personagem vai protagonizar beijos quentes… Sinal de que o intérprete segue, firme e forte, com o posto de galã?

— Não me vejo nesse rótulo. Ser galã, afinal, é ser o moço ideal? Mas, peraí, eu sou quase o velhinho ideal (risos). Daqui a pouco faço 60 anos! — dispara, com uma gargalhada gostosa: — Sempre procurei fazer meu trabalho fugindo disso. Dentro de mim, há uma força sem idade.

Por isso, aliás, o ator não liga para as rugas que teimam em brotar no rosto. A superação do câncer reforçou a opinião sobre o assunto:

— A passagem do tempo faz parte da vida de todo mundo. Não quero viver o passado. É tão bacana sair de casa sem saber o que vai acontecer. Tenho que viver o meu hoje — opina, ponderando: — Sim, sou um homem de 58 anos que pode fazer personagens mais novos, de 57, talvez. Não de 40! Só procuro ter uma cabeça saudável. Depois da doença então… Gosto de reparar que os gritos de assédio engrossaram e ficaram menos afoitos. Minhas fãs envelheceram. Não fui só eu…

Extra