Referência no MMA, lutador agora vai enfrentar a batalha contra o crack

eduardo bastos MMADesde os 16 anos, o lutador Eduardo Bastos coleciona vitórias nos ringues capixabas. No início da carreira, mesmo sem apoio financeiro, conquistou medalha de ouro no 1° Campeonato Alliance Jiu Jitsu do Espírito Santo. No MMA há quatro anos, Dudu, como é conhecido, conseguiu a façanha de ficar invicto por 8 lutas na categoria Peso-Pena. Nenhuma dessas batalhas, entretanto, foi tão difícil como a que ele precisa enfrentar agora, aos 34 anos: o vício do crack, que o levou à cadeia.

Na última quinta-feira (05), Dudu foi preso em Vila Velha após roubar celular de duas mulheres, simulando estar armado. Uma das vítimas era policial civil. Eduardo foi preso em casa, no bairro Santos Dumont. Na delegacia, chorou e disse que roubou por causa da dependência química.
Em setembro de 2013, o lutador chegou a falar do vício em uma entrevista à TV Gazeta. Na época, ele disse que já havia superado o problema. “Eu cheguei ao fundo do poço. Fiquei mal. Cheguei a um estado em que nenhuma mãe e pai gostariam de ver um filho”, disse na ocasião. Para se recuperar, ele buscou apoio na família e no esporte.
“Não é fácil para uma mãe, mas nós demos muita força. Na vida do Eduardo, primeiro foi Deus, segundo, o esporte e depois toda a família que o abraçou”, disse a mãe do lutador à TV Gazeta, em 2013.
Luta marcada
Aquele, porém, não era o fundo do poço, para a tristeza do atleta, de familiares e amigos. Na noite de quinta, ele foi levado para o presídio, a duas semanas de uma luta marcada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Amigo de infância do lutador, o artista plástico Vander Carlos ficou surpreso com a prisão.
“Ele é gente boa demais, um amigo, um grande pai. O filho de 10 anos dele idolatra o pai, os dois manifestam um carinho muito grande entre eles. Pena que a droga estragou isso. Estamos em choque”, lamentou o artista.
Na comunidade de Santos Dumont, desde 2013, o atleta dava aulas de luta de graça para os moradores. “Ficamos muito chateados, porque ele é do bairro. Conhecemos ele desde que era pequeno. Esperamos que ele se recupere”, diz uma moradora.
Mãe desabafa em rede social
Os pais de Eduardo Bastos preferiram o silêncio e disseram que não tinham condições emocionais para dar entrevista. A mãe do lutador, Fátima Bastos, fez dois breves e sinceros desabafos, na tarde desta sexta-feira (06), em seu perfil pessoal no Facebook.
Em um deles, Fátima disse que estava com o coração partido.
“Coração de mãe partido, só tenho a dizer, meu filho Eduardo Bastos: Deus é contigo”, postou. Pouco tempo depois, ela voltou a desabafar na rede social, afirmando que estava desolada com a prisão do filho.
Gazeta Online