Reginaldo Pereira pode perder mandato de prefeito cassado, há 35 após afastado pela Câmara de Santa Rita

REGINALDO LADRÃOA Câmara Municipal de Santa Rita vota nesta sexta-feira (25) ás 9h, em sua sede na casa de Antônio Teixeira,  para tanto, o vereador e relator João Junior (PSB) da comissão processante que investiga atos políticos  administrativos do prefeito Reginaldo Pereira afastado a 35 dias por improbidade administrativa em 15 meses no comando a frente da administração da prefeitura de Santa Rita,

Reginaldo Pereira está sendo investigado pela Câmara Municipal pela acusação de uma medida provisória que chegou a favorecer 370 funcionários comissionados em folha de pagamento custando a prefeitura mais de 1,5 milhões sem respaldo em lei. De acordo com a constituição federal e lei orgânica municipal o prefeito cometeu crime por se ausentar do cargo por mais de 15 dias sem comunicar a Câmara Municipal de Santa Rita em internacional deixando a vacância do cargo sem que fosse feita a passagem do cargo para o vice-prefeito em Santa Rita.

O prefeito Reginaldo Pereira enfrenta ainda mais dois processos que a comissão processante estava investigando pela comissão processante como o de nepotismo e a do lixo, pelos quais o prefeito foi afastado em plenário pela maioria absoluta dos vereadores A comissão processante intimou o réu por várias vezes para apresentar sua defesa diante das acusações que foram apuradas no processo que levou seu afastamento, sendo notificado o réu e apresentado um atestado e por novas notificações dentro dos prazos regimental não compareceu para apresentar sua defesa deixando correr revelia que os quais a comissão processante nos prazos legais está encerando o processo.

Por fim, a comissão processante da Câmara Municipal de Santa Rita concluiu o processo e nesta sexta feira (25) vai expor o parecer do relator referente ao processo aos vereadores em plenário aonde na oportunidade será apreciado e votado por definitivo o afastamento do prefeito Reginaldo Pereira do cargo de prefeito do município de Santa Rita. por improbidade administrativa.

No processo de afastamento do prefeito Reginaldo Pereira, que foi iniciado a trinta (35) dias que foi afastado por três (3) vezes pela maioria absoluta dos vereadores por 16 votos e nos outros processos em sequência por aumentando a 18 votos, sendo apenas um voto  contrário do vereador parente do prefeito.

Reginaldo Pereira após afastado pela Câmara Municipal de Santa Rita para responder a comissão processante no parlamento que não conseguiu o retorno definitivo a prefeitura e sem se apresentar a a comissão processante para se defender que o processo foi concluído e chegando assim o processo a ser concluído sob apreciação  e votação pela vereadores da Câmara Municipal  ás 9h na casa de Antonio Teixeira.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.