Reino Unido nomeia ‘secretária da Solidão’ para lidar com epidemia

A “Secretária da Solidão”, Tracey Crouch

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, nomeou na 4ª feira (17.jan.2018) a parlamentar Tracey Crouch para o cargo de “Secretária da Solidão”. O problema já é tratado como uma epidemia, com 9 milhões de pessoas nas mais diversas faixas etárias se sentindo solitárias. A informação é do Quartz.

A comissão é 1 tributo à deputada Jo Cox, assassinada em junho de 2016. Cox trabalhava em prol da causa.

A equipe deverá focar em suprir a carência de risco como os idosos, os refugiados, os jovens adultos e os pais de primeira viagem. A intenção principal é lidar com a solidão como uma doença que assola a sociedade britânica de forma epidêmica.

Um estudo da universidade norte-americana Brigham Young, no estado de Utah, apontou que os países ricos têm maior número de cidadãos sentindo-se solitários. Concluiu também que pessoas com mais interações sociais reduzem em 50% o risco de morrer prematuramente.

Estima-se que em torno de 200 mil pessoas idosas não conversam regularmente com amigos ou parentes próximos. Além disso acredita-se que 2 milhões de pessoas acima dos 75 anos moram sozinhas e 85% dos jovens adultos se sentem solitários cotidianamente.

 Poder360