Repórter do CQC é agredido por torcedores do São Paulo

São Paulo agridiCrédito da foto: Reprodução/Band

Não foi apenas com a Polícia Militar que a torcida do São Paulo brigou no clássico contra o Corinthians. Segundo o programa CQC, da Band, o repórter Ronald Rios também foi agredido.

Após o fim do duelo, o humorista estava deixando as cadeiras do Morumbi para falar com os jogadores no vestiário. No entanto, um torcedor começou a discutir com ele.

Brasileirão neste domingo – 13/10/201350 fotos

Torcedores do São Paulo entram em confronto com a Polícia Militar durante a partida contra o Corinthians no Morumbi Leia mais Simon Plestenjak/UOL

Neste momento, Ronald começou a falar que o torcedor estava ameaçando ele, mas caminhando para trás. Em seguida, outros dois são-paulinos chegaram ao local para impedir o câmera de filmar e agredir o humorista.

Na sequência, Ronald Rios apareceu deitado em uma maca dizendo que teve de receber dois pontos devido à agressão da torcida do São Paulo.

Devido à briga com a PM, o São Paulo poderá perder até dez mandos de jogo, além de sofrer uma multa de até R$ 200 mil. Caso seja punido, o clube terá de jogar a 100 km da capital.

Fora do estádio, a torcida do São Paulo se envolveu em uma briga com corintianos. Por isso, o Ministério Público pediu a extinção da Gaviões da Fiel pela terceira vez.

São Paulo x Corinthians – 4 vídeos

Uol Esporte