Responsável por cobrar comerciantes para milícia foi expulso dos EUA ao se filiar ao Estado Islâmico

Responsável por cobrar comerciantes para milícia foi expulso dos EUA ao se filiar ao Estado Islâmico

Diego Caldeira de Andrada Chaar, é conhecido como Alcaida, em referência a outro grupo fundamentalista, a Al-Qaeda – Divulgação

Rio – Um dos alvos da Operação Freedom, realizada pela Polícia Civil contra a maior milícia que atua no Estado do Rio, comandada por Wellington da Silva Braga, o Ecko, foi expulso dos EUA ao se filiar à organização terrorista Estado Islâmico, segundo investigações. Diego Caldeira de Andrada Chaar, é conhecido como Alcaida, em referência a outro grupo fundamentalista, a Al-Qaeda. Até o momento, dos 42 mandados de prisão expedidos contra a quadrilha, 12 já foram cumpridos pelos agentes.

Alcaida era responsável por cobrar comerciantes de bairros de Itaguaí onde a atua milícia ligada a Ecko e comandada pelo ex-policial militar Carlos Eduardo Benevides Gomes, o Cabo Bené. Ele também fazia a segurança armada nas regiões dominadas pela quadrilha e integrava grupos de ações contra traficantes.

Chaar foi preso em maio deste ano na rodovia Rio-Santos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), sendo autuado em flagrante na ocasião por receptação e porte ilegal de arma. Um dos mandados de prisão de hoje foram cumpridos contra ele.

O Dia