Reunião com Dilma inclui ministros fora do núcleo político

dilma momentoMomento crítico: Dilma Rousseff antecipou reunião com o núcleo de coordenação política do governo –

BRASÍLIA – A reunião da presidente Dilma Rousseff com ministros para discutir a crise política e os reflexos na economia do país não está restrita ao núcleo de coordenação política do governo. Ao todo, 13 ministros, o vice-presidente da República, Michel Temer e os líderes do governo nas Casas do Congresso participam do encontro, que começou às 19h30 deste domingo, no Palácio da Alvorada.
Estão presentes os ministros Joaquim Levy (Fazenda), Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia), Aloizio Mercadante (Casa Civil), Nelson Barbosa (Planejamento), Edinho Silva (Comunicação Social), Miguel Rossetto (Secretaria-Geral da Presidência), Eduardo Braga (Minas e Energia), Antonio Carlos Rodrigues (Transportes), José Eduardo Cardozo (Justiça), Ricardo Berzoini (Comunicações), Gilberto Kassab (Cidades), Jaques Wagner (Defesa), Eliseu Padilha (Secretaria de Aviação Civil).

Para discutir a agenda do governo no Congresso, também estão presentes o líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE) e no Senado, José Pimentel (PT-CE).

ENCONTRO FOI CHAMADO DE ‘HORA DA VERDADE’

O tom da discussão foi antecipado no sábado por integrantes do núcleo da coordenação política do governo, que classificam o encontro como “a hora da verdade” para a presidente. Ela convocou o vice, Michel Temer, e os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil), José Eduardo Cardozo (Justiça), Eliseu Padilha (Aviação Civil), Nelson Barbosa (Planejamento), Jaques Wagner (Defesa) e Edinho Silva (Comunicação Social), para encontro no Palácio da Alvorada a partir das 19h. A reforma e a redução do número de ministérios também serão discutidos.

— Há como fazer uma recomposição, mas o governo tem que cumprir o que promete aos aliados. Chegou a hora da verdade. Não dá mais para fingir que dá o que promete, mas no fim das contas, não dá. Não pode prometer mais nada se não vai cumprir — disse um ministro da coordenação política ao GLOBO.

O encontro foi antecipado porque a presidente tem compromisso no Maranhão, segunda-feira: uma cerimônia de entrega de unidades do programa Minha Casa, Minha Vida.

O Globo