Revitalização do Memorial Augusto dos Anjos entra na reta final

augusto dos anjosA vitrine do município de Sapé, como o Memorial Augusto dos Anjos é conhecido, está prestes a ganhar cara nova após a conclusão dos trabalhos de revitalização iniciados em novembro do ano passado.
Consolidado por meio da parceria entre a Prefeitura de Sapé e a Energisa, o projeto contemplou a construção de banheiros, revisão do teto e da parte elétrica, recapeamento de cerca de quatro quilômetros da rodovia PB 004, na altura da entrada do memorial, e a troca do mobiliário. Um investimento total de R$ 80 mil, dos quais R$ 51 mil foram doados pela Energisa.
Para o secretário executivo de cultura, esporte e lazer de Sapé, Jairo Cézar, o Memorial Augusto dos Anjos é a principal ferramenta de cultura da cidade com forte potencial para se tornar uma excelente geradora de renda à comunidade sapeense. “Já recebemos pessoas de diversos lugares, como apaixonados que vêm do Rio Grande do Sul, Pará, caravanas da França, pesquisadores da Alemanha e Itália. Precisamos agregar valor a isso e fazer com que o Memorial se torne uma alternativa de geração de renda para a população, sobretudo dos moradores das proximidades”, afirma Jairo.
Com a conclusão dos trabalhos prevista para os próximos meses, a proposta é que a inauguração do “novo” Memorial aconteça antes de seu 10º aniversário, comemorado no mês de abril. “Queremos celebrar uma década do Memorial Augusto dos Anjos, com instalações mais modernas e confortáveis. Esse será nosso presente para os admiradores desse ilustre paraibano”, acrescenta Jairo.
Não é de hoje que o nome Augusto dos Anjos está presente nas iniciativas da Energisa Paraíba e da Energisa Borborema. O poeta, que morreu em Leopoldina (MG) onde nasceu o Grupo Energisa, foi a personalidade paraibana escolhida para ilustrar o 1º volume da coleção de biografias “Primeira Leitura”, que tem o apoio da companhia, e é destinada ao público infanto-juvenil. “A Energisa teve fundamental importância na concretização desse projeto, o que nos enche de gratidão. Agora, aguardamos a liberação do recurso aprovado no Fundo de Incentivo à Cultura para digitalizar o acervo e, com isso, comemorarmos a conclusão dessa etapa do projeto”, conclui Jairo.