Ricardo Barbosa e Ricardo Coutinho fazem as pazes; falta sentar e conversar

Ricardo Barbosa e Ricardo Coutinho fazem as pazes; falta sentar e conversar

ricardo-barbosa-310x245Líder do governo do estado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), revelou que ‘a ponte’ entre Ricardo Barbosa e Ricardo Coutinho já foi erguida, mas o ex-líder do blocão e o governador ainda não sentaram na mesma mesa para aparar as arestas.
Barbosa, há duas semanas, disparou um discurso na tribuna da ALPB se dizendo traído e “apunhalado pelas contas” pelos companheiros de bancada. Ele teria recebido um recado do governador, via celular, que pedia para que não fizesse nenhum discurso.

Hervázio confirmou o contato do governador com o deputado. Também admitiu que “a gota d’água” foi a participação de Barbosa no movimento pró-impeachment de Dilma, realizado no Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú, em João Pessoa. Para Hervázio, como líder do blocão, Ricardo Barbosa deveria ter evitado ir no movimento pró-impeachment.

Ele garantiu que deputados estaduais, inclusive ele, atuaram como bombeiros para não permitir que Barbosa deixasse a base de aliados do governo. Além de Hervázio, atuaram para apagar o incêndio os deputados Adriano Galdino, presidente da ALPB; João Gonçalves e Gervásio Maia.

Hervázio também garante que a desistência de Ricardo Barbosa na disputa pela Prefeitura de Cabedelo, na Grande João Pessoa, nada tem a ver com o discurso inflamado que o ex-líder do blocão fez da tribuna da Assembleia.

Portal Correio