Ricardo Coutinho detona postura de Manoel Júnior sobre impeachment: “Ele achava o governo melhor do mundo porque queria ser ministro!”

Ricardo Coutinho detona postura de Manoel Júnior sobre impeachment: “Ele achava o governo melhor do mundo porque queria ser ministro!”

mane r rcDefensor ardoroso da presidenta Dilma Rousseff (PT), o governador paraibano Ricardo Coutinho detonou a postura do deputado federal Manoel Júnior (PMDB) que votou favoravelmente ao impeachment da presidenta. Segundo ele, Manoel mudou rapidamente de posição, demonstrando uma ‘incoerência’ sem precedentes.

“Contra Dilma não tem um processo, uma denúncia. É uma mulher honrada tendo um governo complicado, até por causa das opções que foram feitas e foram estas opções que a traiu, gente banida do governo, gente que foi ministro e gente que queria ser ministro três meses atrás, se ajoelhando e dizendo que a presidente era a pessoa mais correta do mundo, que o governo era o melhor do mundo porque queria ser ministro da saúde e ontem chega lá com uma fita amarela e verde não dignificando as cores do Brasil, porque o verde a amarelo precisa ser respeitado”. disparou.

Ricardo criticou o nível da Câmara Federal e dos interessados no afastamento da presidenta

“Estes que impregnaram o ódio no Brasil de 15 meses para cá, colocando brasileiro contra brasileiro, pobre contra rico, o racismo voltando… estes que comandaram isso não conseguiram sequer participar de uma manifestação popular porque o povo não se sente representado por eles”,alertou, acrescentando que: “Este povo que sobe ali na tribuna do Senado ou da Câmara faz aqueles discursos contra a corrupção, mas o povo sabe quem são e quando eles chegam nas manifestações o povo bota para correr”, frisou.

Por fim, Ricardo salientou que chegou o momento do povo se reencontrar

“Isso só pode acontecer, se ele (povo) tiver a condição de escolher um novo governo”, enfatizou.

PB Agora